Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/818
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: UMA PERSPECTIVA VYGOTSKYANA NO ENSINO DE QUÍMICA: PROCESSOS DE FORMAÇÃO OU (DE)FORMAÇÃO DO PEDESTAL CULTURAL SOCIAL COMO EDUCABILIDADE DO ENSINO MÉDIO
metadata.dc.creator: Correia, Sara Cristina Bernardes
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Marlúcio Tavares do
metadata.dc.contributor.referee1: Nascimento, Marlúcio Tavares do
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Dylan Ávila
metadata.dc.contributor.referee3: Leite, Robert Ramos
metadata.dc.description.resumo: Esse trabalho é produto de um estudo e análise, o qual tem enfoque na teoria de Vygotsky como proposta de educabilidade de química para o Ensino Médio. Baseou-se principalmente no uso do sócio-interacionismo como edificador de uma linguagem não unicamente científica, mas baseada na prática do dia a dia dos sujeitos, uma vez defendendo que a troca de experiências e entendimentos são imprescindíveis para consolidar os saberes propostos dentro da sala de aula. Os dados foram levantados por meio de questionários e observações da pesquisadora, esses foram sistematizados e analisados utilizando o método de análise de conteúdo descrito por Bardin. Para tanto, partimos do estudo e entendimento das teorias apontadas e detalhadas por Lev Vygotsky, e por conseguinte a aplicação de algumas aulas sobre ácidos e bases, em três turmas de 1º série, pautadas, principalmente, no desenrolar das relações sociais, observando como essas se reiteram com as metodologias tradicionais de ensino para de fato efetivar uma educação satisfatória. Portanto, enfatiza-se que nesse trabalho objetivou-se investigar os meios metodológicos, quando utilizados dentro de uma visão vygotskyana, verificando como os alunos respondem aos mesmos. Constitui-se, assim, uma pesquisa de caráter qualitativo e fenomenológico, os quais dão maior compreensão das especificidades deste.
Abstract: This work is the product of a study and analysis, which focuses on Vygotsky's theory as a proposal for high school chemistry educability. It was based mainly on the use of socio-interactionism as a builder of a not only scientific language, but based on the daily practice of the subjects, once arguing that the exchange of experiences and understandings are essential to consolidate the proposed knowledge within the room. of class. Data were collected through questionnaires and observation of the researcher, these were systematized and analyzed using the content analysis method described by Bardin. To this end, we start from the study and understanding of the theories pointed out and detailed by Lev Vygotsky, and therefore the application of some classes on acids and bases, in three 1st grade classes, based mainly on the unfolding of social relations, observing how these reiterate with traditional teaching methodologies to actually effect a satisfactory education. Therefore, it is emphasized that this work aimed to investigate the methodological means when used within a Vygotskyan view, verifying how students respond to them. Therefore, a qualitative and phenomenological research is constituted, which give a greater understanding of its specificities.
Keywords: Sócio-Interacionismo. Ensino. Vygotsky. Química. Ciência.
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Iporá
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/818
Issue Date: 13-Dec-2019
Appears in Collections:Licenciatura em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_Sata Cristina Bernardes Correia.pdf2,75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.