Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2795
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Encapsulamento de vinhaça de cana-de-açúcar concentrada e ensaios de liberação de potássio
metadata.dc.creator: Azevedo, Lhais Lara de
metadata.dc.contributor.advisor1: Viali, Eloiza Nunes da Silva
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Teixeira, Marconi Batista
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Oliveira, Marilene silva
metadata.dc.contributor.referee1: Viali , Eloiza da Silva Nunes
metadata.dc.contributor.referee2: Resende, Erika Crispim
metadata.dc.description.resumo: A vinhaça de cana-de-açúcar é o principal resíduo das usinas sucroalcooleiras, a cada litro de etanol são produzidos de 10 a 18 litros de vinhaça. Existem diversas técnicas que são utilizadas para diminuir o volume da vinhaça de cana-de-açúcar in natura. Uma delas é a retirada de parte de água por evaporação, obtendo assim a vinhaça de cana concentrada. A presente pesquisa foi conduzida com a finalidade de encapsular a vinhaça de cana-de-açúcar concentrada, utilizando um alginato de sódio. Como a vinhaça de cana-de-açúcar concentrada possui uma composição muito rica em macro e micronutrientes a solubilização do alginato de sódio não seria possível sem o pré-tratamento da vinhaça com fosfato. Após a etapa de tratamento foram testadas diversas concentrações de alginato de sódio, buscando os melhores índices de encapsulamento, tanto de matéria orgânica quanto de potássio. A partir destes resultados, foi então estudado o enriquecimento das esferas de vinhaça de cana-de-açúcar concentrada com KCl. Tal procedimento foi feito para identificar a capacidade de carga das esferas. Pensando na melhoria dos índices de eficiência de encapsulamento e de capacidade de carga as esferas foram submetidas ao estudo da influência do potencial osmótico no encapsulamento da matéria orgânica e do potássio. Obtendo um aumento de 75,48% para eficiência de encapsulamento e 57,62% para capacidade de carga, quando comparados com as amostras controle. o estudo de libertação de potássio em água foi feito, identificou-se um perfil de liberação rápido, atingindo o equilíbrio de liberação em 30 minutos.
Abstract: Sugarcane vinasse is the main residue of sugarcane mills, for every liter of ethanol 10 to 18 liters of vinasse are produced. There are several techniques that are used to reduce the volume of in natura sugarcane vinasse. One of them is the removal of part of the water by evaporation, thus obtaining concentrated sugarcane vinasse. The present research was carried out with the aim of encapsulating concentrated sugarcane vinasse, using a sodium alginate. As the concentrated sugarcane vinasse has a composition very rich in macro and micronutrients, the solubilization of sodium alginate would not be possible without the pre-treatment of the vinasse with phosphate. After the treatment step, different concentrations of sodium alginate were tested, seeking the best encapsulation indexes, both for organic matter and potassium. Based on these results, the enrichment of sugarcane vinasse spheres with KCl was studied. This procedure was done to identify the bearing capacity of the spheres. Thinking about the improvement of the encapsulation efficiency and load capacity indexes, the spheres were submitted to the study of the influence of the osmotic potential on the encapsulation of organic matter and potassium. Obtaining an increase of 75.48% for encapsulation efficiency and 57.62% for load capacity, when compared to the control samples. the study of potassium release in water was done, a rapid release profile was identified, reaching equilibrium release within 30 minutes.
Keywords: Biopolimero
Micropartícula
Liberação controlada
Fertilizante
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agroquímica
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2795
Issue Date: 28-Jul-2022
Appears in Collections:Mestrado em Agroquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_Lhais_lara_Azevedo,.pdf3,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.