Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1746
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: SUPRESSÃO DE ESPÉCIES DE Brachiaria EM CONSÓRCIO COM MILHO SAFRINHA UTILIZANDO SUBDOSES DE GLIFOSATO
Other Titles: Suppression of Brachiaria species intercropped with off-season corn using glyphosate underdoses
metadata.dc.creator: Brandão, Gleisson Sávio
metadata.dc.contributor.advisor1: Freitas, Marco Antônio Moreira de
metadata.dc.contributor.advisor2: Cunha, Paulo César Ribeiro da
metadata.dc.contributor.referee1: Cunha, Paulo César Ribeiro da
metadata.dc.contributor.referee2: Araújo, Érica Fernandes Leão
metadata.dc.description.resumo: O consórcio de milho com forrageiras é uma alternativa viável tanto para alimento visando a exploração pecuária, quanto palhada no sistema de plantio direto (SPD), além da capacidade de supressão de plantas daninhas, ciclagem de nutrientes, recuperação de áreas degradadas e manutenção na qualidade físico-química do solo. Neste sentido, torna-se importante pesquisar subdoses do herbicida glyphosate para o manejo da gramínea no consórcio, visando reduzir os custos, evitar perdas de produção de grãos e viabilizar o consórcio em áreas agrícolas, extraindo o máximo de vantagem de ambas as culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso do herbicida glifosato em pós-emergência em três espécies de braquiárias (Brachiaria brizantha cv. 'Marandu', Brachiaria ruziziensis e Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã) consorciadas com cultura do milho safrinha, como forma de suprimir o seu desenvolvimento excessivo e possível potencial competitivo com a cultura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x5, com quatro repetições. Foram considerados a aplicação de cinco subdoses do herbicida (0; 30; 60; 90 e 120 g p.c. ha-1), em que a dose zero representa a ausência do herbicida, além de mais um tratamento (parcela capinada), ou seja, milho sem consorcio (MSC). Foram realizadas avaliações de fitointoxicação de plantas de braquiária aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação. Para a cultura do milho, foi avaliado o rendimento de grãos e massa seca por meio da colheita da área útil das parcelas. A melhor dose para retardar o crescimento das forrageiras sem comprometer o seu desenvolvimento, é a de 30 g.p.c ha-1, com exceção da cultivar piatã, que apresentou uma boa supressão à dose de 60 g.p.c ha-1. A forrageira que mais se destacou em consórcio foi a B. ruziziensis. As avaliações de produtividade foram mais expressivas para B. ruziziensis na dose de 30 g p.c. ha-1 e para os tratamentos de milho sem consórcio. As médias de matéria seca não demonstraram correlação significativa para os tratamentos.
Abstract: The consortium of corn with forage is a viable alternative both for food enriched for livestock farming, and straw under no-tillage, in addition to the ability to suppress weeds, nutrition cycling, recovery of degraded areas and maintenance of quality physical-chemical soil. In this sense, it is important to research underdoses of the herbicide glyphosate for the management of grass in the consortium, to avoid losses of grain production and to make the consortium feasible in agricultural areas, extracting the maximum advantage of both crops. The objective of this work was to evaluate the use of the herbicide glyphosate in post-emergence in three species of brachiaria (Brachiaria brizantha cv. 'Marandu', Brachiaria ruziziensis and Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã) intercropped in a second corn crop, as a way to suppress their excessive development and possible competitive potential with culture. The experimental design used was randomized blocks, in a 3x5 factorial scheme, with four replications. The application of five underdoses of the herbicide (0; 30; 60; 90 and 120 g p.c. ha-1) was considered, in which the zero dose represents the absence of the herbicide, in addition to another treatment (weeding plot), that is, maize without intercropping. Phytointoxication assessments of brachiaria plants were performed at 7, 14, 21 and 28 days after application. For the cultivation of corn, grain yield and dry mass was evaluated by harvesting the useful area of the plots. The best dose to slow the growth of forages without compromising their development is 30 g.p.c ha-1, with the exception of the piatã cultivar, which accepts the dose of 60 g.p.c ha-1. The forage that stood out the most in the consortium was U. ruziziensis. The productivity evaluations were more expressive for B. ruziziensis at a dose of 30 g p.c. ha-1 and for corn treatments without intercropping. The dry matter averages did not show significant correlation for the treatments.
Keywords: Consórcio milho-forrageira
Supressão de braquiária
Herbicida glyposate
Brachiaria brizantha cv. 'Marandu'
Brachiaria ruziziensis
Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Urutaí
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1746
Issue Date: 25-Jan-2021
Appears in Collections:Bacharelado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCAE_Gleisson Brandão.pdf130,63 kBAdobe PDFView/Open
tcc_Gleisson Brandão.pdf914,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools