Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1355
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: GENÉTICA DA CURVA DE LACTAÇÃO EM BÚFALAS UTILIZANDO O MODELO DE WOOD
metadata.dc.creator: CARVALHO, Ludmilla Araújo Marques
metadata.dc.contributor.advisor1: NETO, Francisco Ribeiro de Araujo
metadata.dc.description.resumo: CARVALHO, Ludmilla Araujo Marques. Genética da curva de lactação de búfalas, utilizando o modelo de Wood. 2019. 16p. Monografia (Curso Bacharelado em Zootecnia). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – Campus Rio Verde, Rio Verde – GO, 2019. Tendo em vista a importância da produção de leite para o melhoramento de búfalos, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estimar os coeficientes de herdabilidade para os parâmetros do modelo de Wood, assim como para as definições de produção, tempo no pico e persistência obtidos utilizando os parâmetros do modelo. Utilizando destas informações, também foram estimadas as correlações genéticas entre a produção de leite e os parâmetros estimados. Para a realização deste estudo, foram utilizados registros de controles mensais das primeiras lactações de 1362 búfalas, coletados entre os anos de 2010 a 2016, sendo utilizados na estimação das curvas individuais, utilizando o algoritmo SAEM (Stochastic Approximation version of Expectation-maximization algorithm). Para a avaliação foram utilizados a produção de leite, os parâmetros da curva, produção no pico, tempo no pico e persistência. Os componentes de variância foram estimados simultaneamente para as sete características por uma abordagem bayesiana com amostragem de Gibbs sob um modelo animal multi-características, usando o programa GIBBS2F90. Para a população estudada, foram obtidos valores de 9,248 Kg para o pico de produção, 3,125 meses para o tempo de pico e 2,655 meses para a persistência da lactação. As estimativas de herdabilidade apresentam magnitude moderadas, com valores entre 0,146 (parâmetro , θ2 ) e 0,311 (produção de leite). As correlações genéticas apresentam magnitudes de baixa a alta, variando entre -0,810 (θ3  com P) a 0,902 (θ1  com PP), sendo que maioria das estimativas se apresentam significativas estatisticamente (diferentes de 0). Pelas informações obtidas no trabalho, a seleção direta para a persistência com a produção de leite, ganhos genéticos indiretos também seriam reduzidos. Assim, uma alternativa seria a introdução dessas características com um critério de seleção auxiliar, usando um índice de seleção. Palavras-chave: Melhoramento; Búfalos; Curva; Leite
Abstract: CARVALHO, Ludmilla Araujo Marques. Genetics of the lactation curve of buffaloes, using Wood's model. 2019. 16p. Monography (Graduation in Animal Science). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – Campus Rio Verde, Rio Verde – GO, 2019. Considering the importance of milk yield for buffalo breeding, this work was developed to estimate the heritability coefficients for Wood model parameters, as well as the yield definitions, peak time and persistence obtained. using the parameters of the model. Using this information, the genetic correlations between milk yield and estimated parameters were also estimated. For this study, monthly control records of the first lactations of 1362 buffaloes, collected from 2010 to 2016, were used to estimate individual curves using the Stochastic Approximation version of Expectation-maximization algorithm SAEM (Stochastic Approximation version of Expectation-maximization algorithm).Milk yield, curve parameters, peak yield, peak time and persistence were used for the evaluation. The variance components were simultaneously estimated for the seven traits by a Gibbs-sampled Bayesian approach under a multi-trait animal model using the GIBBS2F90 program. For the population studied, values ​​of 9.248 Kg were obtained for peak production, 3.125 months for peak time and 2.655 months for lactation persistence. Heritability estimates are of moderate magnitude, ranging from 0.146 (parameter, θ_2) to 0.311 (milk yield). Genetic correlations have low to high magnitudes, ranging from -0.810 (θ_3 with P) to 0.902 (θ_1 with PP), and most estimates are statistically significant (different from 0). From the information obtained in the study, the direct selection for persistence with milk production, indirect genetic gains would also be reduced. Thus, an alternative would be to introduce these characteristics with an auxiliary selection criterion using a selection index. Keywords: Improvement; Buffaloes; Curve; milk
Keywords: Melhoramento
Búfalos
Curva
Leite
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::GENETICA E MELHORAMENTO DOS ANIMAIS DOMESTICOS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1355
Issue Date: 4-Jul-2019
Appears in Collections:Bacharelado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Lud Pronto para envio.pdf1,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.