Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1143
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICA PARA DETECÇÃO DE ESTRO EM FÊMEAS BOVINAS COM DRONE
Other Titles: Development of a technique for estrus detection in cattle with drone.
metadata.dc.creator: Magalhães, Rafael Jorge de Castro
metadata.dc.contributor.advisor1: Camargos, Aline Sousa
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Fernandes, Kátia Roberta
metadata.dc.contributor.referee1: Camargos, Aline sousa
metadata.dc.contributor.referee2: Fernandes, Kátia Roberta
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Luciano Carlos Ribeiro
metadata.dc.description.resumo: A detecção de estro é o primeiro passo para se obter um bom desempenho reprodutivo na propriedade. Realizar a detecção de estro de forma precisa muitas vezes é um desafio para os produtores. Assim, é grande a busca por alternativas que auxiliem na detecção do mesmo. Este trabalho teve como objetivo desenvolver uma técnica para detecção de estro de fêmeas bovinas com drone. Foram utilizadas 56 fêmeas em idade reprodutiva agrupadas em sete grupos para a realização do teste, onde foram analisados: identificação do adesivo na vaca, cor do adesivo, grau de raspagem do adesivo, influência do horário de voo, altura do voo, cor da pelagem e a presença ou ausência de nuvens no momento da captura da imagem. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias ao teste de Tukey, a 5% de significância. Para a maioria das características analisadas, não houve diferença estatística. Porém, a interação da cor do adesivo com o horário de voo e cor da pelagem teve diferença (p>0,05). Para os melhores resultados observados nesse estudo, recomenda-se que o voo seja realizado no final da manhã, à altura de 20 metros ou menos, utilizando adesivo de coloração laranja. Como conclusão, foi desenvolvida uma técnica que alia o uso de duas tecnologias existentes, o adesivo específico e o drone, possibilitando a identificação de fêmeas bovinas em estro.
Abstract: Estrus detection is the first step towards achieving good reproductive performance on the farm. Conducting accurate detection is often a challenge for producers. Thus, there is a great search for alternatives that help in its detection. This work aimed to develop a technique to detect cattle estrus with drone. 56 females of reproductive age were used, grouped into seven groups for the test, where they were analyzed: identification of the adhesive in the cow, color of the adhesive, degree of scraping of the adhesive, influence of the flight schedule, flight height, coat color and the presence or absence of clouds when capturing the image. The data were subjected to analysis of variation and as an average to the Tukey test, at 5% significance level. For most of the characteristics analyzed, there was no statistical difference. However, the interaction of the adhesive with the flight time and coat color there was a difference (p> 0.05). For the best results observed in this study, we recommend that the flight be performed in the late morning, at a height of 20 meters or less, using orange adhesive. As a conclusion, a technique was developed that allows the use of two existing technologies, the specific adhesive and the drone, enabling the identification of bovine females in estrus.
Keywords: Adesivo; Cio; Vacas; VANTs.
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Morrinhos
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1143
Issue Date: 20-Feb-2020
Appears in Collections:Bacharelado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Rafael Jorge de Castro.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.