Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/902
metadata.dc.type: Dissertação
Title: DESEMPENHO E DIVERSIDADE GENÉTICA DE HÍBRIDOS PRÉ-COMERCIAIS DE SORGO SACARINO NO CENTRO-OESTE E SUL BRASILEIRO
metadata.dc.creator: Oliveira, Leandro Pavani de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Fernando Higino de Lima e
metadata.dc.description.resumo: O sorgo (Sorghum bicolor (L) Moench) é espécie da família Poacea, de origem africana que chegou ao Brasil no século XX. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em 2018 havia no Brasil 583 cultivares de sorgo e que, nos últimos 30 anos, apresentou considerável acréscimo na produção. O sorgo é comumente cultivado em regiões áridas e de clima quente, pois apresenta resistência à seca e ao calor devido ao seu metabolismo fotossintético do tipo C4. Do ponto de vista citogenético, todos os tipos sorgo possuem o mesmo complemento cromossômico de 2n = 20, e são reconhecidas hoje como variantes da mesma planta. Na condução de um programa de melhoramento genético, o sucesso está relacionado na existência de variabilidade na população de trabalho. Pesquisas que priorizam a diversidade e a variabilidade levando em conta tanto a dissimilaridade ou similaridade genética em culturas de grande importância agronômica vêm se fazendo cada vez mais relevantes para o melhoramento vegetal. São de considerável importância procedimentos a fim de estimar medidas de dissimilaridade com bases em variáveis quantitativas (distâncias euclidianas ou de Mahalanobis), binárias e multicategóricas, entre pares de materiais genotípicos, destinados à análise de agrupamento para avaliação da diversidade genética. Após gerada a matriz de dissimilaridade utilizando a distância de Mahalanobis, utiliza-se os métodos agrupamento de otimização que permitem estabelecer grupos em que exista homogeneidade, e heterogeneidade entre os mesmos. Nos métodos de otimização, como o de Tocher, realiza-se a divisão do conjunto de indivíduos (genótipos) em subgrupos não vazios e mutuamente exclusivos, por meio da maximização ou minimização de alguma medida reestabelecida. Estabelece critério de que a média das medidas de dissimilaridade, dentro de cada grupo, deve ser menor que as distâncias médias entre qualquer grupo.
Abstract: Sorghum (Sorghum bicolor (L) Moench) is a Poacea family species, from African origin and arrived in Brazil in the twentieth century. According to the Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento in 2018 there are 583 cultivars of sorghum in Brazil and over the past 30 years has shown a considerable increase in production. Sorghum is commonly grown in arid and warm climate regions, as has drought and heat resistance due to its C4 type photosynthetic metabolism. From a cytogenetic point of view, all sorghum types have the same chromosome complement of 2n = 20, and are now recognized as variants of the same plant. In conducting a breeding program, success is related to the existence of variability in the evaluated population. Research that prioritizes diversity and variability, taking into account both dissimilarity or genetic similarity in crops of great agronomic importance, is becoming increasingly relevant for plant breeding. Procedures for estimating dissimilarity measures based on quantitative (Euclidean or Mahalanobis distances), binary and multi-categorical, between pairs of genotypic materials, for cluster analysis to evaluate genetic diversity, are of considerable importance. After the dissimilarity matrix is generated using the Mahalanobis distance, the optimization clustering methods are used to establish groups where there is homogeneity within the groups, and heterogeneity between them. In optimization methods, such as Tocher's, the group of individuals (genotypes) are divided into nonempty and mutually exclusive subgroups by maximizing or minimizing some reestablished measure. It establishes the criterion that the average dissimilarity measures within each group should be less than the average distances between any group.
Keywords: Sorghum bicolor (L) Moench, melhoramento genético, distância de Mahalanobis, Tocher.
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias – Agronomia
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/br/
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/902
Issue Date: 16-Dec-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Agrárias - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_Leandro_Pavani_de_ Oliveira.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons