Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/637
metadata.dc.type: Dissertação
Title: CONTRIBUIÇÃO DE COMPONENTES MORFOANATÔMICOS, HIDRÁULICOS, BIOQUÍMICOS E HORMONAIS NA ACLIMATAÇÃO A MÚLTIPLOS FATORES DE ESTRESSE EM PLANTAS DE Dipteryx alata
metadata.dc.creator: Sousa, Leticia
metadata.dc.contributor.advisor1: Farnese, Fernanda
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Paulo Eduardo
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Silva, Adinan
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Fabiano
metadata.dc.contributor.referee2: Costa, Alan
metadata.dc.description.resumo: O Cerrado é um dos principais biomas do Brasil, tanto em extensão territorial quanto em diversidade de espécies. De acordo com os modelos climáticos, as condições abióticas de diversas regiões do Brasil irão se alterar drasticamente em um futuro próximo, sobretudo em relação ao aporte de chuva em regiões onde o bioma Cerrado ocorre. Visando avaliar o impacto dessas alterações em uma planta nativa do Cerrado, plantas de baru (Dipteryx alata) foram submetidas a diversos fatores abióticos estressantes: déficit hídrico, salinidade e hipóxia. As plantas foram mais vulneráveis à salinidade e à hipóxia do que à seca, indicando tolerância da planta ao déficit hídrico, o que provavelmente está relacionado com sua história evolutiva. A fim de aprofundar o conhecimento sobre a tolerância de D. alata à seca, o papel do fitormonio etileno (ETH) foi avaliado. Para isso, um segundo experimento foi montado, no qual as plantas foram submetidas apenas ao déficit hídrico, sendo que metade das plantas foram aspergidas com um inibidor da ação do ETH. As plantas aspergidas com o inibidor ETH apresentaram maior condutância estomática, o que permitiu a manutenção de maior taxa fotossintética, mas, ao mesmo tempo, resultou em quedas no potencial hídrico. Plantas submetidas ao déficit hídrico isoladamente, por sua vez, mantiveram o potencial hídrico, mas apresentaram quedas na fotossíntese, na fotorrespiração e aumento na concentração de peróxido de hidrogênio. Cabe ressaltar que, embora plantas expostas à seca em combinação com o inibidor do ETH tenham apresentado maior fotossíntese, é provável que isso não se mantenha em secas mais prolongadas, uma vez que a manutenção dos estômatos abertos provavelmente resultaria em dessecação excessiva dos tecidos. Para testar essa hipótese, um terceiro experimento foi montado. Para isso, mudas de D. alata foram irrigadas até a capacidade de campo, sendo que metade delas recebeu solução contendo inibidor da ação do etileno. Em seguida, a fisiologia dessas plantas foi avaliada continuamente à medida que o solo secava ao longo dos dias, até a morte vegetal. Conforme esperado, plantas submetidas à seca em associação com o inibidor do ETH mantiveram seus estômatos abertos por mais tempo, o que resultou em danos celulares e morte precoce devido à falha hidráulica e à privação de carbono.
Abstract: The Cerrado is one of the main biomes in Brazil, both in territorial extension and species diversity. According to climate models, abiotic conditions in several regions of Brazil will change dramatically in the near future, especially in relation to rainfall in regions where the Cerrado biome occurs. In order to evaluate the impact of these changes on a native Cerrado plant, baru plants (Dipteryx alata) were subjected to several stressful abiotic factors: water deficit, salinity, and hypoxia. Plants were more vulnerable to salinity and hypoxia than to drought, indicating plant tolerance to water deficit, which is probably related to their evolutionary history. In order to deepen the knowledge of D. alata drought tolerance, the role of ethylene (ETH) was evaluated. For this, a second experiment was set up, in which the plants were subjected only to water deficit, and half of the plants were sprayed with an ETH action inhibitor. Plants sprayed with the ETH inhibitor showed higher stomatal conductance, which allowed the maintenance of a higher photosynthetic rate, but at the same time resulted in decreases in water potential. Plants subjected to water deficit alone, in turn, maintained water potential but showed decreases in photosynthesis, photorespiration and increased hydrogen peroxide concentration. It is noteworthy that although drought-exposed plants in combination with the ETH inhibitor showed higher photosynthesis, it is likely that this will not be sustained in longer droughts since keeping the stomata open would probably result in excessive tissue desiccation. To test this hypothesis, a third experiment was set up. For this, D. alata seedlings were irrigated to field capacity, and half of them received ethylene action inhibitor solution. Then the physiology of these plants was continuously evaluated as the soil dried over the days until plant death. As expected, plants subjected to drought in combination with the ETH inhibitor kept their stomata open for a longer period of time, resulting in cell damage and early death due to hydraulic failure and carbon deprivation.
Keywords: Sinalização celular
Etileno
Fisiologia vegetal
Amido
Falha hidráulica
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Conservação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/637
Issue Date: 30-Aug-2019
Appears in Collections:Mestrado em Biodiversidade e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Leticia_Ferreira_de_Sousa (2).pdf13,96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.