Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/625
metadata.dc.type: Dissertação
Title: EFEITOS ANTRÓPICOS E AMBIENTAIS PARA O DECLÍNIO POPULACIONAL DOS ANUROS NO MUNDO
metadata.dc.creator: Carrasco, Guilherme Henrique
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Lia Raquel de Souza
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Mendonça, Maria Andréia Corrêa
metadata.dc.description.resumo: Os anuros têm sofrido declínio de suas populações no mundo inteiro, este fenômeno foi detectado inicialmente no começo dos anos noventa, desde então diversas pesquisas foram realizadas a respeito do tema. Estas pesquisas demonstram que diversa gama de fatores de estresse (pesticidas, alterações climáticas, alterações de paisagens, dentre outros) estão ligados ao declínio das populações de anuros. Neste sentido, este trabalho buscou conhecer melhor as causas do declínio populacional de anuros, e para isso foram realizados levantamentos sobre dados não só a respeito dos estressores mais estudados, as espécies que estão recebendo maior enfoque nas pesquisas, e quais países estão investindo mais em pesquisas para o grupo. Também foram analisados os efeitos de estressores em conjunto (efeitos interativos) e seus impactos para a anurofauna. A metodologia para a busca dessas informações foi realizada através de pesquisas cienciométricas utilizando três bases de dados distintas (Web of Science, Scopus e Pubmed). Nessas bases de dados foram utilizadas as palavras chaves “frog, decline”, como critério de seleção de artigos. A partir daí dados como ano de publicação, nacionalidade do 1º autor, estressor utilizado, espécie estudada foram compilados. Os resultados demonstram que o agente estressor mais ligado ao declínio dos anfíbios é o fungo Batrachochytrium dendrobatidis (BD), seguidos de efeitos de ações antrópicas como, os efeitos das aplicações de pesticidas e alterações nas paisagens. Quando se analisou os países que mais publicam sobre o tema, percebe-se que os Estados Unidos lideram o rank, fenômeno explicado pelo fato que as espécies mais estudadas ocorrem no território Norte-Americano. Sobre os efeitos interativos, foi detectado que na maioria dos casos dois ou mais estressores possuem relação de sinérgica entre si, e um potencializará o efeito do outro, de modo que os danos ocasionados pelo conjunto de 1 estressores serão superiores a soma dos efeitos individuais. Desta forma, este trabalho permitiu concluir que as populações de anfíbios estão em declínio populacional e que ações antrópicas possuem grande impacto sobre as populações de anuros. Além disso, podendo detectar que as pesquisas se concentram em alguns poucos centros de pesquisas (como os EUA), e que infelizmente não correspondem aos países com maior biodiversidade. Apesar da grande quantidade de dados analisados, este trabalho também demonstrou haver ainda grandes lacunas de conhecimento a respeito do tema, e desta forma mais trabalhos são encorajados para melhor direcionar as pesquisas científicas, principalmente para estudos envolvendo elaboração de políticas de conservação.
Abstract: Anurans have suffered a decline in their populations worldwide, this phenomenon was initially detected in the early nineties, since then a lot of research has been done on the subject. This research shows that a diverse range of stressors (pesticides, climate change, landscape changes, among others) are linked to declining anuran populations. In this sense, this work sought to better understand the population decline causes, and for this purpose surveys were carried out on data not only on the most studied stressors, the species that are receiving the most research focus, and which countries are most investing in research for their own purposes to the group. We also analyzed the effects of joint stressors (interactive effects) and their impacts on anurans. The methodology for searching this information was carried out through scienciometric surveys, using three distinct databases (Web of Science, Scopus and Pubmed). In these databases we used the keywords “frog, decline” as the article selection criterion. From then, data such as publication year, first author nationality, stressors used, species studied were compiled. The results demonstrate that the stressors most linked to the amphibians decline is the fungus Batrachochytrium dendrobatidis (BD), followed by anthropogenic effects such as pesticide applications and landscape changes. When we analyze the countries that publish the most on the subject, we notice that the United States leads the rank, a phenomenon that also explains the fact that the most studied species occur in the North American territory. Regarding the interactive effects, it was found that in most cases, two or more stressors have a synergistic relationship with each other, where one will potentiate the effect of the other, while the damage caused by the set of stressors will be greater than the sum of the individual effects. Thus, this work allowed us to conclude that amphibian populations are in population decline and that anthropic actions have a 3 great impact on anuran populations. In addition, it can be found that research is concentrated in a few research centers (such as the US), and unfortunately does not correspond to countries with greater biodiversity. Despite the large amount of data analyzed, this work has shown that there are still large knowledge gaps on the subject, and thus more similar work is encouraged to better direct scientific research, especially for studies involving conservation policy making.
Keywords: anuro
conservação
estressores
impactos
ação humana
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL::ZOOLOGIA APLICADA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Conservação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/625
Issue Date: 30-Aug-2019
Appears in Collections:Mestrado em Biodiversidade e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_ Guilherme Henrique Carrasco.pdf2,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.