Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/619
metadata.dc.type: Tese
Title: Micronutrientes nos componentes fitotécnicos, reprodutivos e de produção de sementes do BRS RB331 Ipyporã
metadata.dc.creator: Libório, Cláudia Barrios
metadata.dc.contributor.advisor1: Verzignassi, Jaqueline Rosemeire
metadata.dc.description.resumo: Na nutrição das plantas os micronutrientes são tão importantes quanto os macronutrientes e, suas exigências em plantas forrageiras são distintas para o desenvolvimento de sementes em relação ao crescimento vegetativo. Objetivou-se avaliar os efeitos de quatro micronutrientes em diferentes concentrações e épocas de aplicação na produção de sementes de braquiária BRS RB331 Ipyporã. Foram conduzidos quatro experimentos com dois ensaios cada em vasos de 15L, a céu aberto, na Embrapa Gado de Corte, no período de 2016/17. Os quatro experimentos foram representados pelos micronutrientes B, Zn, Cu e Mo e divididos em dois ensaios, sendo o primeiro ensaio representado por quatro doses do micronutriente mais uma testemunha (zero) e duas épocas de aplicação (base e cobertura aos 41 dias após a semeadura - DAS); e o segundo ensaio representado por quatro doses do micronutriente mais uma testemunha (zero) divididos em duas épocas de aplicação (base + cobertura na diferenciação floral aos 125 DAS e cobertura aos 41 DAS + cobertura aos 125 DAS). Adotu-se para os quatro experimentos o delineamento em blocos ao acaso, esquema fatorial, 4x2+1, totalizando nove tratamentos, com três repetições cada, e a parcela foi representada por um vaso com uma planta. O início da diferenciação floral foi determinado pela avaliação visual dos perfilhos a cada dois dias. O substrato utilizado foi composto por areia lavada:solo de textura média (3:1). A correção e adubação com macro e micronutrientes foi efetuada de acordo com a necessidade mínima, considerando os respectivos tratamentos. Amostras do substrato de todos os tratamentos foram coletas e analisadas. As plantas foram irrigadas durante todo o ciclo de maneira manual e para que a capacidade de campo alcançasse 60%. Foram avaliados número de perfilhos vegetativos e altura da planta aos 69 DAS e aos 111 DAS; clorofila e análise foliar antes do início da diferenciação floral; início do florescimento, número de perfilhos reprodutivos e número de inflorescências totalmente expandidas três vezes na semana; quantificação e viabilidade de pólen, germinação polínica e análise citogenética no pleno florescimento. As sementes produzidas foram avaliadas quanto à porcentagem do número e do peso de sementes cheias e vazias, germinação, índice de velocidade de germinação (IVG), primeira contagem de germinação (PCG) e quanto à viabilidade, pelo teste de tetrazólio. A biomassa verde, biomassa seca e matéria seca da parte aérea e das raízes foram avaliadas ao final dos ensaios. As variáveis foram analisadas utilizando o programa Assistat 7.7. No presente trabalho, verificou-se que não houve influência do zinco ou da época de aplicação para os componentes de produção, o uso de 2 kg.ha-1 de zinco adicionado ao substrato influenciou positivamente a parte aérea das plantas e quando o elemento foi adicionado em cobertura, aos 41 DAS, proporcionou o incremento no desenvolvimento das raízes, bem como a aplicação de 4 kg.ha-1 de zinco na cobertura aos 41 DAS + cobertura aos 125 DAS. Com relação ao boro não houve influência sobre a produção da parte aérea e nas características reprodutivas da planta de BRS Ipyporã, apresentando apenas influência das épocas de aplicação e resposta positiva na produção de raízes com aplicação de 2,0 kg.ha-1 de boro. O molibdênio também não influenciou os componentes fitotécnicos do híbrido, bem como a produção de sementes, acrescenta-se que, para biomassa seca das folhas e número de perfilhos aos 69 DAS, a testemunha absoluta apresentou resultados melhores e, que, a dose 0,4 kg.ha-1 afetou negativamente a viabilidade polínica. Quanto ao cobre para as variáveis foliares avaliadas também não houve resposta ao micronutriente. Para as avaliações de raiz, o melhor tratamento foi 8 kg.ha-1. O número de perfilhos vegetativos ao 69 DAS apresentaram incremento com a cobertura aos 41 DAS e 4 kg.ha-1 divididos em cobertura aos 41 DAS + 125 DAS. O cobre não influenciou no número de inflorescências e a dose de 4 kg.ha-1 proporcionou maior número de perfilhos reprodutivos quando aplicada no substrato + cobertura. Todos os parâmetros avaliados os tratamentos não diferiram da testemunha. Adiciona-se que as sementes produzidas em todos os ensaios com os diferentes micronutrientes apresentaram dormência parcial, quando comparadas aos resultados de viabilidade. De modo geral, o zinco, boro, molibdênio e cobre, aplicados em diferentes doses e épocas de aplicação, não influenciaram na produção de biomassa pela planta, na reprodução e produtividade e na qualidade das sementes do híbrido. Tais dados permitem o levantamento de algumas hipóteses, a primeira hipótese é de que as doses estudadas foram muito baixas em relação as necessidades da planta, outra teoria seria que os micronutrientes presentes no solo foram suficientes para a expressão máxima das características da planta, também a de se considerar que exista outro fator influenciando a baixa produção de sementes cheias da BRS Ipyporã que apenas diferentes doses e épocas de aplicação de micronutrientes, para tanto, faz-se necessário mais estudos para identifica-los.
Abstract: In plant nutrition micronutrients are as important as macronutrients and their requirements in forage plants are distinct for seed development in relation to vegetative growth. The objective of this study was to evaluate the effects of four micronutrients at different concentrations and application times on the production of BRS RB331 Ipyporã brachiaria seeds. Four experiments were conducted with two trials each in 15L open-air vessels at Embrapa Gado de Corte, in the 2016/17 period. The four experiments were represented by the micronutrients B, Zn, Cu and Mo and divided into two trials, the first trial represented by four micronutrient doses plus one control (zero) and two application times (base and coverage at 41 days after sowing - DAS); and the second trial represented by four micronutrient doses plus one control (zero) divided into two application times (base + coverage in floral differentiation at 125 DAS and coverage at 41 DAS + coverage at 125 DAS). For the four experiments, a randomized block design, factorial scheme, 4x2 + 1 was used, totaling nine treatments, with three replications each, and the plot was represented by a pot with one plant. The onset of floral differentiation was determined by visual evaluation of tillers every two days. The substrate used was washed sand: medium textured soil (3:1). The correction and fertilization with macro and micronutrients were performed according to the minimum need, considering the respective treatments. Substrate samples from all treatments were collected and analyzed. The plants were manually irrigated throughout the cycle so that the field capacity reached 60%. Number of vegetative tillers and plant height were evaluated at 69 DAS and 111DAS; chlorophyll and leaf analysis before the floral differentiation beginning; flowering onset, reproductive tillers number and fully expanded inflorescences number three times a week; pollen quantification and viability, pollen germination and cytogenetic analysis in full bloom. The seeds produced were evaluated for full and empty seeds number and weight, germination, germination speed index (IVG), first germination count (PCG) and viability by the tetrazolium test. Green biomass, dry biomass and shoot and root dry matter were evaluated at the end of the tests. The variables were analyzed using the Assistat 7.7 program. In the present work, it was found that there was no influence of zinc or application time for the production components, the use of 2 kg.ha-1 of zinc added to the substrate positively influenced the shoot and when the element was removed. added in cover at 41 DAS provided the increase in root development as well as the application of 4 kg.ha-1 of zinc in cover at 41 DAS + cover at 125 DAS. Regarding boron, there was no influence on shoot production and reproductive characteristics of BRS Ipyporã plant, showing only influence of application times and positive response on root production with application of 2.0 kg.ha-1 boron. The molybdenum did not influence the phytotechnical components of the hybrid, as well as the seed production, it is added that for dry leaf biomass and number of tillers at 69 DAS, the absolute control showed better results and that, at dose 0, 4 kg.ha-1 negatively affected pollen viability. As for copper for the evaluated leaf variables, there was no response to micronutrient. For root evaluations, the best treatment was 8 kg.ha-1. The number of vegetative tillers at 69 DAS increased with coverage at 41 DAS and 4 kg.ha-1 divided in cover at 41 DAS + 125 DAS. Copper did not influence the number of inflorescences and the dose of 4 kg.ha-1 provided the highest number of reproductive tillers when applied to the substrate + cover. All parameters evaluated treatments did not differ from the control. In addition, the seeds produced in all trials with the different micronutrients showed partial dormancy when compared to the viability results. In general, zinc, boron, molybdenum and copper, applied at different doses and application times, did not influence plant biomass production, reproduction and yield and seed quality of the hybrid. Such data allow the raising of some hypotheses, the first hypothesis is that the studied doses were very low in relation to the needs of the plant, another theory would be that the micronutrients present in the soil were sufficient for the maximum expression of the plant characteristics. Considering that there is another factor influencing the low yield of BRS Ipyporã full seeds that only different doses and times of micronutrient application, therefore, further studies are needed to identify them.
Keywords: Adubação
Produção
Microsporogenese
Forrageira
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias – Agronomia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/619
Issue Date: 30-Jul-2019
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Agrárias - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_Cláudia Barrios de Libório.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.