Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/3195
metadata.dc.type: Dissertação
Title: CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO MILHO-DOCE
metadata.dc.creator: Santos, Francielle
metadata.dc.contributor.advisor1: Trogello, Emerson
metadata.dc.description.resumo: Uma das maiores preocupações na agricultura, está relacionada à interferência de plantas daninhas na produtividade e rendimento das culturas instaladas. O manejo de plantas daninhas no processo de produção agrícola assume grande importância na escolha de práticas que visem o controle que irá resultar em maior produtividade. A cultura do milho-doce, uma hortaliça voltada para o processamento industrial e ainda pouco utilizada para o consumo “in natura”, sendo destinada de forma exclusiva ao consumo humano. Dessa forma, o manejo de plantas daninhas no processo de produção agrícola assume papel fundamental na escolha de práticas que têm como objetivo o controle que irá resultar em maior produtividade. Este trabalho tem o objetivo de estudar diferentes sistemas de controle químico de plantas daninhas, baseando-se na combinação de herbicidas, seguindo com a avaliação dos critérios: altura de plantas, diâmetro de colmo, índice do controle de plantas daninhas e a interferência na produtividade e rendimento que pode interferir na cultura diante destes manejos. O experimento foi conduzido a campo sob irrigação por pivô central no ano agrícola de 2021 na área experimental do IF Goiano, Campus Morrinhos-GO. O híbrido de milho doce utilizado foi Syngenta GSS 2577 e os tratamentos foram constituídos pela aplicação de herbicidas em pré-emergência e pós-emergência. Todos os tratamentos com a associação de atrazina proporcionaram controle acima de 88% das plantas daninhas. Os maiores resultados entre os tratamentos com o uso de produtos fitossanitários tanto para ECP espigas com palhas, ESP espigas sem palha e EF espigas formadas, foram obtidos a partir da mistura de atrazina 500 g/l (3 L ha-1) e tembotriona 420 g/l (0,24 L ha-1) aplicados em pós-emergência. O tratamento com o uso de emergência S-metalacloro 960 g/l (1,2 L ha-1) e mesotriona 480 g/l (0,3 L ha-1) em pré-emergência + mesotriona 50 g/l (1 L ha-1) e atrazina 500 g/l (3 L ha-1) em pós-emergência destacou-se porque proporcionou o maior rendimento industrial igualando inclusive o tratamento com controle total de plantas daninhas.
Abstract: One of the biggest concerns in agriculture today is related to the weeds interference in the productivity and yield of installed crops. Thus, the weeds management in the agricultural production process assumes fundamental importance in the choice of practices that aim at the control which will result in greater productivity. The sweet corn crop is classified as special, a vegetable aimed at industrial processing and still little used for "in natura" consumption, being exclusively destined for human consumption. This work aims to study different chemical weed control systems, based on the herbicides combination, in order to evaluate the criteria: plant height, stem diameter, weed control index and the interference in productivity and yield that the culture can suffer in face of these managements. The experiment was carried out in the field under central pivot irrigation in the agricultural year 2021 in the experimental area of IF Goiano, Campus Morrinhos-GO. The sweet corn hybrid used was Syngenta GSS 2577 and the treatments consisted of the herbicides application in pre-emergence and/or post-emergence. All treatments with the association of atrazine provided control above 88% of the weeds. The best results among treatments with the use of phytosanitary products for both ECP, ESP and EF were obtained from the mixture of atrazine 500 g/l (3 L ha-1) and tembotrione 420 g/l (0.24 L ha-1) applied in post emergence. Treatment with emergency use S-metalachlor 960 g/l (1.2 L ha-1) and mesotrione 480 g/l (0.3 L ha-1) in pre-emergence + mesotrione 50 g/l (1 L ha-1) and atrazine 500 g/l (3 L ha-1) in post emergence, it stood out as the one that provided the highest industrial yield, even surpassing the control with total weed control.
Keywords: controle
herbicida
zea mays
daninhas
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::FISIOLOGIA DE PLANTAS CULTIVADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Morrinhos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Olericultura
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/3195
Issue Date: 4-Oct-2022
Appears in Collections:Mestrado em Olericultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Projeto Final - SANTOS, 2022.pdf868,65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.