Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2918
metadata.dc.type: Dissertação
Title: CARACTERÍSTICAS PRODUTIVAS DE FORRAGEIRAS DOS GÊNEROS Urochloa E Megathyrsus maximus
Other Titles: Productive characteristics of forages of the genera Urochloa and Megathyrsus maximus
metadata.dc.creator: Rodrigues, Matheus Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Darliane de Castro
metadata.dc.description.resumo: No bioma Cerrado há duas estações bem definidas (secas e águas), que resultam em mudanças na qualidade da forragem. Na época das águas tem-se alta taxa de produção de forragem, devido às condições ambientais favoráveis para a planta forrageira. Porém, na época seca do ano ocorre diminuição no crescimento das plantas pelas condições ambientais desfavoráveis, implicando em alta variação de produção de forragem disponível para os animais a pasto. Assim, o desenvolvimento de novas cultivares de forrageiras é importante alternativa na diminuição dos efeitos provocados pela estacionalidade de produção ao longo do ano. Objetivou-se neste trabalho mensurar a produtividade de onze gramíneas forrageiras dos gêneros Urochloa e Megathyrsus maximus durante os períodos da seca e águas. O experimento foi conduzido no Centro Tecnológico Comigo (CTC) em Rio Verde, Goiás de 06 de junho de 2020 a 12 de maio de 2021. Os tratamentos foram compostos por 11 gramíneas forrageiras tropicais, sendo quatro cultivares de Megathyrsus maximus (Zuri, Tamani, Quênia e Paredão), duas cultivares de Urochloa brizantha (Paiaguás e Braúna) e cinco híbridos de Urochloa (Mulato II, Mavuno, Sabiá, Cayana e Ipyporã). O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos ao acaso com oito repetições. Sendo que cada parcela experimental instalada continha a área útil de 16 m². As avaliações foram realizadas em intervalos de 28 dias nos períodos das águas e 56 dias nos períodos de seca. Em cada avaliação, foram realizados o monitoramento da altura do pasto e coleta de massa de forragem. Para a determinação da MS, as amostras foram coletadas a 15 cm de altura para as cultivares híbridas de Urochloa, a 30 cm para as cultivares do gênero Megathyrsus maximus, exceto o capim-Tamani que era cortado a 20 cm de altura. As frações folhas, colmo e material morto foram separados e pesados, armazenados em sacos de papel e levados à estufa para a determinação de peso seco para a estimativa da MS de cada componente. As cultivares de Megathyrsus maximus são mais produtivas, porém apresentaram alta estacionalidade de produção. Os híbridos de Urochloa também são forrageiras produtivas, que possuem menor estacionalidade de produção e podem produzir mais em relação as gramíneas forrageiras do gênero Megathyrsus maximus durante o período seco.
Abstract: In the Cerrado biome there are two well -defined seasons (dry and waters), which results in changes in forage quality. In water season there is a high forage production rate, due to favorable environmental conditions for the forage plant. However, at the dry season there is a decrease in plant growth due to unfavorable environmental conditions, which implies in a high variation in forage production available in pasture for animals. Thus, the development of new forage cultivars is an important alternative in reducing the effects caused by the reduction in forage production throughout the year. It was aimed at measuring the productivity of eleven forage grasses of the genres Urochloa and Megathyrsus maximus during the seasons of drought and waters. The experiment was carried out at the Technological Center (TC) in Rio Verde, Goiás, being implemented on 11/23/2019 and the experimental period was from 06/06/2020 to 05/12/2021, totaling a year of evaluations. The treatments were composed of 11 tropical forage grasses, four cultivars of Megathyrsus maximus (Zuri, Tamani, Kenya and Paredão), two cultivars of Urochloa Brizantha (Paiaguás and Braúna) and five Urochloa hybrids (mulatto II, Mavuno, Cayan and iPyporã). The experimental design used was the complete randomized blocks with eight repetitions. Also each installed experimental portion contained a useful area of 16 m². The evaluations were performed at 28 -day intervals during water periods and 56 days during drought periods. In each assessment, the pasture height was evaluated and forage mass was collected. For DM evaluation the samples were collected 15 cm high for Urochloa hybrid cultivars, 30 cm for the cultivars from genus Megathyrsus maximus, except for Tamani grass, which was cut at 20 cm high. After collected, the samples were taken to the greenhouse for subsequent determination of dry weight and then ground for bromatological analyzes. Fractions leaves, steams and dead material have been separated and heavy, stored in paper bags and led to greenhouse to determine dry weight to estimate the DM of each component. Megathyrsus maximus cultivars are more productive but showed high production variation. Urochloa hybrids are also productive forage, which have lower production variation and can produce more in relation to forage grasses of the genus Megathyrsus maximus during the dry period.
Keywords: Massa de forragem
estacionalidade
Mulato II
folhas
Zuri
Braúna
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias – Agronomia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2918
Issue Date: 11-May-2022
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Agrárias - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Final.pdfDissertação Final. Com o Termo de Ciência e Autorização Eletrônico (TCAE) e a Ata de de Defesa anexados no arquivo.1,36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.