Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2681
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Souza, Lucas Anjos de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5575360867135500pt_BR
dc.contributor.referee1Souza, Lucas Anjos de-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5575360867135500pt_BR
dc.contributor.referee2Rodrigues, Rhayf Eduardo-
dc.contributor.referee2Latteshttps://orcid.org/0000-0002-2610-2086pt_BR
dc.contributor.referee3Mendonca, Maria Andreia Correa-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/3412339192891083pt_BR
dc.creatorPrado, Bruno Gonçalves do-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8955026278743477pt_BR
dc.date.accessioned2022-08-22T13:09:00Z-
dc.date.available2022-05-26-
dc.date.available2022-08-22T13:09:00Z-
dc.date.issued2022-04-11-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2681-
dc.description.abstractSugarcane (Saccharum spp.) is originally from the island of New Guinea, located in the Pacific Ocean and has spread to the world. Sugarcane has become the most important crop developed in Brazil, so that Brazil ranks first in the world in sugar production and is the largest ethanol exporter in the world. The present work shows the preliminary results of a trial with the use of the fertilizer Thermophosphate Magnesian Yoorin Master, used in the fertilization of cover in seedlings of sugarcane micropropadas of BASF and in MPB, in different planting systems, in a soil with low availability of phosphorus. Therefore, the experiment was installed and conducted in a randomized block design (DBC), with 4 blocks, that is, 10 treatments, totaling 40 plots, with each plot consisting of 6 lines of 8 meters spaced between them by 1, 5 m. The two planting systems were arranged in such a way that in the plots of blocks A, B, C and D of the system A originated from micropropagation (SBW, BASF) and in the plots of blocks A, B, C and D of the system B, the mini grinding wheels. In all plots, the Magnesian Thermophosphate Yoorin Master was used as a source of P, applied to the surface, at doses of 0; 180; 360; 540; 720 g of P/plot. Preliminary results show that only the leaf area and production estimate variables in tons per hectare showed significant differences, regardless of the type of planting system and doses used. However, the data presented in this work are preliminary in nature, requiring the continuation of the experiment in the coming years in order to obtain more data from this experiment.pt_BR
dc.description.resumoA cana de açúcar (Saccharum spp.) é originária da ilha de Nova Guiné, localizada no oceano pacífico e se espalhou para o mundo. A cana-de-açúcar se tornou o mais importante cultivo desenvolvido no Brasil, de forma que o Brasil ocupa o primeiro lugar mundial na produção de açúcar e é o maior exportador de etanol do mundo. O presente trabalho mostra os resultados preliminares de um ensaio com o uso do adubo Termofosfato Magnesiano Yoorin Master, utilizado na adubação de cobertura em mudas de cana micropropadas da BASF e em MPB, em diferentes sistemas de plantio, num solo com baixa disponibilidade de fósforo. Para tanto, o experimento foi instalado e foi conduzido em delineamento em blocos ao acaso (DBC), com 4 blocos, ou seja, 10 tratamentos, totalizando 40 parcelas, sendo cada parcela composta por 6 linhas de 8 metros espaçadas entre si por 1,5 m. Os dois sistemas de plantio foram dispostos de forma que nas parcelas dos blocos A, B, C e D do sistema A oriundas de micropropagação (SBW, BASF) e nas parcelas dos blocos A, B, C e D do sistema B foram utilizados os mini rebolos. Em todas as parcelas foi utilizado como fonte de P o Termofosfato Magnesiano Yoorin Master, aplicado em superfície, nas doses de 0; 180; 360; 540; 720 g de P/ parcela. Os resultados preliminares mostram que apenas as variáveis de área foliar e de estimativa de produção em toneladas por hectares apresentaram diferenças significativas, independentemente do tipo de sistema de plantio e das doses utilizadas. Entretanto, os dados apresentados neste trabalho têm caráter preliminar, necessitando da continuidade do experimento nos próximos anos de forma a se obter mais dados deste experimento.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Daiane de Oliveira Silva (daiane.silva@ifgoiano.edu.br) on 2022-08-22T12:58:45Z No. of bitstreams: 1 TCC Bruno - FINAL.pdf: 1604100 bytes, checksum: 1ea341bbde4906cf5d5d6697b19c2599 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Hevellin Estrela (hevellin.estrela@ifgoiano.edu.br) on 2022-08-22T13:07:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TCC Bruno - FINAL.pdf: 1604100 bytes, checksum: 1ea341bbde4906cf5d5d6697b19c2599 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2022-08-22T13:09:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TCC Bruno - FINAL.pdf: 1604100 bytes, checksum: 1ea341bbde4906cf5d5d6697b19c2599 (MD5) Previous issue date: 2022-04-11en
dc.description.sponsorshipCNPqpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherInstituto Federal Goianopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Rio Verdept_BR
dc.publisher.initialsIF Goianopt_BR
dc.relation.referencesALVAREZ, Raphael. Ensaio de adubação N-P-K em cana-de-açúcar 1960 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051960000100063&lng=en. Acesso em: 09/09/2020. ALVAREZ, R.; PACHECO, J.A. Adubação da cana-de-açúcar: VII. Ensaio preliminar de adubação N-P-K no arenito Bauru. Bragantia, v.22, p.193-199, 1963. BACHIEGA, Fernando. Adubação com fósforo em cana-soca e sua interação com magnésio 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052012000300013. Acesso em: 21/08/2020. CAIONE, G.; SILVA, A. F. DA; REIS, L. L. DOS; DALCHIAVON, F. C.; TEIXEIRA, M. T. R.; SANTOS, P. A. Doses de potássio em cobertura na primeira soca da cultura da cana-de-açúcar cultivada no norte matogrossense . Bioscience Journal , v. 27, n. 4, 21 Jun. 2011. COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB, Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar. v. 4, Safra 2017/18, n. 1, Primeiro Levantamento, Brasília, 2017. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/17_04_20_14_04_31_boletim_cana_portugues_-_1o_lev_-_17-18.pdf. Acesso em: 19/08/2020. CONAB - COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar, v. 4 - Safra 2017/18, n. 3 - Terceiro levantamento, Brasília, p.1-77, dezembro 2017. Disponível em: https://www.conab.gov.br/uploads/arquivos/17_12_19_09_10_11_cana_dezembro.pdf. Acesso em: 10/05/2019. Cana-de-Açúcar — Tudo sobre esta versátil planta 2014. Disponível em: https://www.novacana.com/cana-de-acucar. Acesso em: 22/11/2020. FERREIRA, D. F. Sisvar: A computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35:1039-1042, 2011 HENRIQUE, G.K.; RIBEIRO, A.C.; ANDRADE, L.A.; Livro Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais 5ª Aproximação p.286-287, 1999. HERMANN, E. R.; CÂMARA, G. M. S. Um método simples para estimar a área foliar de cana-de-açúcar. STAB, Piracicaba, v.17, n. 5, p.32-34, 1999. LANDELL, M. G. A. et al. A variedade IAC 86-2480 como nova opção de cana-de-açúcar para fins forrageiros: manejo de produção de uso na alimentação animal. Campinas: Instituto Agronômico, 2002. (Boletim técnico, 193). LEITE, R. L. L. Cultivares de cana-de-açúcar em solos da região norte do Estado do Tocantins. 2007. 64 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal Tropical) Universidade Federal do Tocantins, Araguaína, 2007. MORAES, M.A.D. et al. Socio-economic impacts of Brazilian sugarcane industry. Environmental Development 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S2211464515000627 Acesso em: 22/08/2020. MORELLI, J.L.; NELLI, E.J.; BAPTISTELLA, J.R.; DEMATTÊ, J.L.I. Termofosfato na produtividade da cana-de-açúcar e nas propriedades químicas de um solo arenoso de baixa fertilidade. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.15, p.57-61, 1991. Quais as perspectivas da cana-de-açúcar para 2019? “Sob o ponto de vista da Cana” 2019. Disponível em: http://www.canaonline.com.br/conteudo/quais-as-perspectivas-da-cana-de-acucar-para-2019-sob-o-ponto-de-vista-da-cana.html. Acesso em: 15/11/2020. SANTOS, V. R. Crescimento e produção de cana-de-açúcar em diferentes fontes de fósforo. 2006. 88 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) –Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo, 2006. TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004. 526 p. UCHÔA, S. C. P.; ALVES JÚNIOR, H. O.; ALVES, J. M. A.; MELO, V. F.; FERREIRA, G. B. Resposta de seis variedades de cana-de-açúcar a doses de potássio em ecossistema de cerrado de Roraima. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 40, n. 4, p. 505-513, 2009.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCanapt_BR
dc.subjectfertilizantept_BR
dc.subjectfósforopt_BR
dc.subjectproduçãopt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLOpt_BR
dc.titleEFEITO DE APLICAÇÃO DE TERMOFOSFATO MAGNESIANO EM SUPERFÍCIE NO DESENVOLVIMENTO DE CANA-DE-AÇÚCARpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Appears in Collections:Bacharelado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Bruno - FINAL.pdfTCC- Bruno Gonçalves- pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools