Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2563
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Leão, Jeanne Mesquita de Paula-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6790051559983366pt_BR
dc.contributor.referee1Leão, Jeanne Mesquita de Paula-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6790051559983366pt_BR
dc.contributor.referee2Nunes, Patrícia Gouvêa-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3417906132084628pt_BR
dc.contributor.referee3Silva, Fernanda Costa Fagundes-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/6809404356859872pt_BR
dc.creatorRibeiro, Maria Odete da Silva-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4684675195031920pt_BR
dc.date.accessioned2022-06-22T17:07:27Z-
dc.date.available2022-06-22-
dc.date.available2022-06-22T17:07:27Z-
dc.date.issued2021-03-08-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2563-
dc.description.abstractPlayfulness used appropriately in school, with the teacher as a mediator, is a very important instrument in the construction of knowledge, in several aspects, including the physical, social, affective, emotional and cognitive, and should not be seen only as an act of meaningful learning, but also as a pleasurable activity. When children play, they form concepts, relate ideas, establish logical relationships, develop oral and body expression, reinforce social skills, integrate into society and build their own knowledge. Thus, the objectives of the present study are to attribute the meaning of playing to early childhood education, to analyze the importance of playing and games, making education professionals aware of the pedagogical sense that these provide to children. The methodology used is the bibliographic review, with the contribution of renowned authors such as Wajskop (2012), Almeida (2004), Bicudo (2003), Kishimoto (2001).pt_BR
dc.description.resumoA ludicidade, explorada de modo adequado na escola, tendo o professor como mediador, é um instrumento de grande importância na construção do conhecimento, em vários aspectos, entre eles o físico, social, afetivo, emocional e cognitivo, e não deve ser vista só como um ato de aprendizagem significativa, mas também como uma atividade prazerosa. Quando a criança brinca forma conceitos, relaciona ideias, estabelece relações lógicas, desenvolve a expressão oral e corporal, reforça habilidades sociais, integra-se na sociedade e constrói seu próprio conhecimento. Assim, o objetivo do presente estudo busca atribuir o significado do brincar para a educação infantil, analisando a importância das brincadeiras e dos jogos, instigando os profissionais da educação do sentido pedagógico que esses proporcionam às crianças. A metodologia utilizada é a revisão bibliográfica, com a contribuição de autores renomados como Wajskop (2012), Almeida (2004), Bicudo (2003), Kishimoto (2001).pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Johnathan Diniz (johnathan.diniz@ifgoiano.edu.br) on 2022-06-22T15:15:29Z No. of bitstreams: 1 art_esp_Maria Odete da Silva Ribeiro - Copia.pdf: 395318 bytes, checksum: e03980a1deb369def21aa95f772c31d2 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Johnathan Diniz (johnathan.diniz@ifgoiano.edu.br) on 2022-06-22T17:00:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 art_esp_Maria Odete da Silva Ribeiro - Copia.pdf: 395318 bytes, checksum: e03980a1deb369def21aa95f772c31d2 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2022-06-22T17:07:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 art_esp_Maria Odete da Silva Ribeiro - Copia.pdf: 395318 bytes, checksum: e03980a1deb369def21aa95f772c31d2 (MD5) Previous issue date: 2021-03-08en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherInstituto Federal Goianopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Rio Verdept_BR
dc.publisher.initialsIF Goianopt_BR
dc.relation.referencesALMEIDA, P. N. de. Educação Lúdica: Técnicas e Jogos Pedagógicos. São Paulo: Loyo-la,1987. ALMEIDA, M.T.P. Jogos divertidos e brinquedos criativos. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2004. ANTUNES, C. A linguagem do afeto: como ensinar virtudes e transmitir valores. Campinas: Papirus, 2005. ARAMAN, E. M. de O. Ensino da matemática na educação infantil. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009. ARANÃO, I. V. D. A matemática através de brincadeiras e jogos. 5. ed. Campinas: Papirus, 2004. BENJAMIN, W. Reflexões: a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo; Summus, 1989. BICUDO, M. A. V. Filosofia da Educação Matemática. Belo Horizonte: Autentica, 2003. BORBA, M. C. (Org). Tendências internacionais em formação de professores de matemáti-ca. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Nº9394 de 20 de Dezembro de 1996. Editora do Brasil. BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília, 1998, v3. CARVALHO, A.M.C. et. al. (Org.). Brincadeira e cultura: viajando pelo Brasil que brinca. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1992. CENTURION, Marília. Jogos, projetos e oficinas para educação infantil. São Paulo. FTD, 2004. CRAIDY, C.; KAERCHER, G.E. Educação Infantil: pra que te quero? Porto Alegre: ArtMed, 2001. CUNHA, N. H. S. Brinquedoteca: um mergulho no brincar. São Paulo: Aquariana, 2008. GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo. Atlas, 2002. JESUS, M. A. S.; FINI, L. D. T. Uma proposta de aprendizagem significativa de matemática através de jogos. In: BRITO, M. R. F. (Org.). Psicologia da educação matemática: teoria e pes-quisa. Florianópolis: Insular, 2005. KISHIMOTO, T. M. (Org). Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 3 ed., São Paulo: Cor-tez, 2005. KISHIMOTO, T. M. Jogos Infantis: o jogo, a criança e a educação. Petrópolis, R.J.: Vozes, 2001. KISHIMOTO, T. M. (Org.). O brincar e suas teorias. São Paulo: Cengage Learning, 2014. MIRANDA, S. Do fascínio do jogo à alegria do aprender nas séries iniciais. São Paulo: Papi-rus, 2001. OLIVEIRA, E. de. Enfoque Lúdico: Criativo- Exercício de Liberdade. Revista de Ensino, 1984. PANIAGUA, G.; PALACIOS, J. Educação Infantil: Resposta educativa à diversidade. Porto Alegre, Artmed, 2007. PIAGET, J. Implicações do pensamento piagetiano para a aprendizagem. 2005. Disponível em: <http://www.centrorefeducacional.com.br/piaget.html>. Acesso em 02 de nov. 2019. ROSA, A. (Org). Lúdico e a alfabetização. Curitiba - PR: Juruá, 2006. SACRISTÃN, J. Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. SANS, Paulo de Tarso Cheida. Pedagogia do desenvolvimento infantil. 3 ed. Campinas: Editora Alínea, 2009. SILVA, Isabel de Oliveira e. Profissionais da educação infantil. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2003. TEIXEIRA, C. E. J. A ludicidade na escola. São Paulo: Loyola, 1995. VELASCO, C. G. Brincar o despertar psicomotor. Rio de Janeiro: Sprint, 1996. VYGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1989. WAJSKOP, G. Brincar na Educação Infantil: uma história que se repete. 9 ed. São Paulo: Cortez, 2012.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBrincadeiraspt_BR
dc.subjectLudicidadept_BR
dc.subjectAprendizagempt_BR
dc.subjectMetodologiaspt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
dc.titleO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTILpt_BR
dc.title.alternativePlaying in early childhood educationpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Appears in Collections:Especialização em Formação de Professores e Práticas Educativas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_esp_Maria Odete da Silva Ribeiro - Copia.pdf386,05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.