Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2262
metadata.dc.type: Tese
Title: ABSORÇÃO DE NUTRIENTES PELA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR FERTIRRIGADA COM VINHAÇA EM UM LATOSSOLO VERMELHO
metadata.dc.creator: Gomes, Flávio
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Frederico
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Edson
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Sousa, Antonio
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Frederico
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Edson
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Nelmicio
metadata.dc.contributor.referee4: Sousa, Antonio
metadata.dc.contributor.referee5: Vidal, Vitor
metadata.dc.description.resumo: A fertirrigação consiste na aplicação de fertilizantes solúveis através do sistema de irrigação, tornando-se uma prática comum na agricultura irrigada moderna. Objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos de diferentes manejos de fertirrigação com vinhaça na produtividade de colmos, no acúmulo, na exportação e no retorno dos macronutrientes nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg) e enxofre (S) na cana-de-açúcar (var. RB86-7515), no ciclo de cana-planta e no ciclo de cana-soca, em um Latossolo Vermelho eutrófico de Cerrado. O estudo foi conduzido em condições de campo, na Fazenda Boa Sorte, município de Carmo do Rio Verde - GO. O experimento foi conduzido, em condições de campo, durante dois ciclos de cultivo consecutivos, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições. Os fatores avaliados constituíram de dois manejos de fertirrigação com lâminas de vinhaça (1x40 mm e 2x20 mm, no ciclo de cana-planta e 1x40 mm e 1x20 mm, no ciclo cana-soca), seis nutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S) da parte aérea e raiz da cana-de-açúcar, duas partes da planta (folhas e colmos) e cinco épocas de avaliação no ciclo de cana-planta (75, 160, 180, 250 e 300 DAP – dias após o plantio) e quatro épocas de avaliação no ciclo de cana-soca (100, 170, 240 e 330 DAC – dias após o 1º corte). No ciclo de cana-planta, o manejo de fertirrigação de 2x20 mm de vinhaça promoveu valores superiores de acúmulo, retorno e exportação de K em comparação ao manejo de fertirrigação de 1x40 mm de vinhaça. No ciclo de cana-soca, o manejo de fertirrigação de 1x40 mm de vinhaça promoveu maior acúmulo, retorno e exportação de K, em comparação com manejo de fertirrigação de 1x20 mm de vinhaça. As folhas de cana-de-açúcar (var. RB86-7515) tendem a acumular quantidade de N superior em comparação aos colmos no início do desenvolvimento da planta, em seguida, esse comportamento se inverte, tornando o colmo a parte da planta com maior acúmulo de N até o momento da colheita. Para a cana-de-açúcar (var. RB86-7515), verificou-se a produtividade de colmos de 93,4 e 114,0 t ha-1, no ciclo de cana-planta e no ciclo de cana-soca, respectivamente.
Abstract: Fertigation consists of soluble fertilizers application through the irrigation system, becoming a common practice in modern irrigated agriculture. This work aimed to evaluate the effects of different fertigation managements with vinasse on stalk yield, accumulation, export and return of macronutrients nitrogen (N), phosphorus (P), potassium (K), calcium (Ca), magnesium (Mg) and sulfur (S) in sugarcane (var. RB86-7515), in the cane-plant cycle and in the 1st ratoon cycle, in a Cerrado Red Oxisol. The study was conducted under field conditions, in the farm Boa Sorte, municipality of Carmo do Rio Verde - GO, using the experimental design of randomized blocks with three replications. The evaluated factors consisted of two fertigation managements with vinasse (1x40 mm and 2x20 mm, in the cane-plant cycle and 1x40 mm and 1x20 mm, in the 1st ratoon cycle), six nutrients (N, P, K, Ca, Mg and S) of sugarcane aerial and root part, two plant parts (leaves and stalks) and five evaluation times in the plant-cane cycle (75, 160, 180, 250 and 300 DAP – days after planting) and four evaluation times in the 1st ratoon cane cycle (100, 170, 240 and 330 DAC – days after the 1st cut). In the cane-plant cycle, the fertigation management of 2x20 mm of vinasse promoted the accumulation of 769.42 kg ha-1 of K, the return of 176.03 kg ha-1 of K and the export of 593.39 kg ha-1 of K, higher values compared to the fertigation management of 1x40 mm of vinasse. In the first ratoon cycle, the fertigation management of 1x40 mm of vinasse promoted the accumulation of 650.73 kg ha-1 of K, the return of 159.17 kg ha-1 of K and the exportation of 491.57 kg ha-1 of K, higher values compared to fertigation management of 1x20 mm vinasse. Sugarcane leaves (var. RB86-7515) tend to accumulate a higher amount of N compared to stalks up to 160 DAP for the cane plant cycle and up to 100 DAC for the 1st ratoon cycle. This behavior is reversed after this period, making the stalk the part of the plant with the greatest N accumulation until harvest time. For sugarcane (var. RB86-7515), there was a stalk productivity of 93.4 and 114.0 t ha-1, in the plant cane cycle and in the 1st ratoon cane cycle, respectively.
Keywords: Saccharum officinarum L.
curva de absorção
exportação de nutriente
extração de nutrientes
potássio
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agroquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/br/
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2262
Issue Date: 29-Oct-2021
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Agrárias - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Flávio H. F. Gomes.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons