Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2042
metadata.dc.type: Dissertação
Title: QUALIDADE FISIOLÓGICA E DESEMPENHO DE SEMENTES DE MILHO TRATADAS COM INSETICIDAS E ARMAZENADAS
metadata.dc.creator: Sales, Polyana Cristina dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Lucas Anjos de
metadata.dc.description.resumo: O milho é um dos produtos agrícolas mais cultivados no mundo. Uma das regras fundamentais para a obtenção de altas produtividades é a escolha de sementes de milho certificadas com alto poder germinativo e alto vigor. Dentre as práticas disponíveis para garantir ou melhorar o desempenho desta cultura, destaca-se o tratamento de sementes que visa defender o estande inicial de plantas contra pragas e doenças. Apesar desses benefícios, faltam estudos que comprovem o tempo de armazenamento ideal para que estas sementes tratadas possam ser armazenadas de modo que não percam qualidade fisiológica e desempenho em campo. Visando a segurança desta informação, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do tratamento de sementes em dois híbridos de milho: AS1777PRO3 e AS1596PRO3 da marca Agroeste, com os inseticidas Imidacloprid + Tiodicarbe (mistura comercial) e Imidacloprid + Fipronil (mistura não comercial). O objetivo era analisara qualidade fisiológica das sementes e desempenho de plantas no campo, em diferentes tempos de armazenamento das sementes tratadas, sendo os tempos de armazenamento os seguintes: 0, 30, 60 e 90 dias. O trabalho foi constituído por dois experimentos. O experimento em laboratório foi realizado no Laboratório de Anatomia Vegetal do Instituto Federal Goiano – Campus Rio Verde, no período de novembro de 2019 a março de 2020. O experimento a campo, por sua vez, foi conduzido em Perolândia – GO, durante o período de março de 2020 a julho de 2020. As sementes dos híbridos responderam de forma similar ao serem submetidas aos diferentes testes fisiológicos, sendo que a germinação foi comprometida com o decorrer dos dias de armazenamento das sementes, o que pode prejudicar o estande de plantas e a produtividade final. O desempenho das plantas em campo não foi afetado em relação aos tratamentos Imidacloprid + Tiodicarbe (mistura comercial) e Imidacloprid + Fipronil (mistura não comercial) no decorrer dos dias de armazenamento analisados.
Abstract: Mayze is one of the most cultivated agricultural products in the world. One of the fundamental rules for obtaining high yields is the choice of certified corn seeds with high germination power and high vigor. Among the practices available to guarantee or improve the performance of this crop, seed treatment stands out to defend the initial plant stand against pests and diseases. Despite these benefits, there is a lack of studies proving the ideal storage time these treated seeds can be stored so that they do not lose physiological quality and performance in the field. Aiming at the security of this information, this work evaluated the effect of seed treatment on two maize hybrids: AS1777PRO3 and AS1596PRO3 from the Agroeste brand, with the insecticides Imidacloprid + Thiodicarb (commercial mixture) and Imidacloprid + Fipronil (non-commercial mixture), considering the physiological quality of seeds and plant performance in the field, at different storage times of treated seeds, with storage times: 0, 30, 60 and 90 days. The work consisted of two experiments. The laboratory experiment was carried out at the Laboratory of Plant Anatomy of the Federal Institute of Goiano - Campus Rio Verde, from November 2019 to March 2020 and the field experiment was conducted in Perolândia – GO, during the period from March 2020 to July 2020. Seeds from hybrids responded in a similar way when subjected to different physiological tests, and germination was compromised over the course of the days of seed storage, which can affect the plant stand and final productivity. The performance of plants in the field was not affected in relation to the treatments Imidacloprid + Thiodicarb (commercial mixture) and Imidacloprid + Fipronil (non-commercial mixture), during the days of storage analyzed.
Keywords: Tratamento de sementes. Zea mays. Germinação. Produtividade
Seed treatment. Zea mays. Germination. Productivity
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::FISIOLOGIA DE PLANTAS CULTIVADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Bioenergia e Grãos
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/2042
Issue Date: 31-May-2021
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Bioenergia e Grãos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Polyana Cristina dos Santos Sales.pdf566,25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools