Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1994
metadata.dc.type: Dissertação
Title: SIMILARIDADE ESTRUTURAL VERSUS DIFERENTES COMPOSIÇÕES DO SECRETADO EM COLÉTERES DE ESPÉCIES CONGENÉRICAS: O CASO PREPUSA SSP. (GENTIANACEAE)
metadata.dc.creator: Dourado, Daiane Moreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Dalvi, Valdnéa Casagrande
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Rocha, Diego Ismael
metadata.dc.contributor.referee1: Francino, Dayana Maria Teodoro
metadata.dc.contributor.referee2: Delgado, Marina Neves
metadata.dc.description.resumo: Os coléteres produzem uma secreção hidrolífica e/ou lipofílica associada à proteção dos meristemas e órgãos em desenvolvimento. Devido ao endemismo restrito das espécies de Prepusa (Gentianaceae) a áreas montanhosas do Brasil e a comum ocorrência de coléteres na família objetivamos caracterizar a estrutura e composição da secreção dos coléteres foliares de P. connata e P. hookeriana, ocorrentes no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO), e P. viridiflora coletada no Parque Estadual Pedra Azul (PEPAZ), ambas áreas de afloramentos rochosos associados à Mata Atlântica. Folhas em diferentes estágios de desenvolvimento foram coletadas, fixadas e processadas seguindo técnicas usuais de microscopia de luz, incluindo testes histoquímicos, e microscopia eletrônica de varredura. Os coléteres, nas três espécies, ocorrem na base das folhas e possuem desenvolvimento assíncrono. Possuem um pedúnculo curto e uma porção secretora composta por células homogêneas revestida por uma cutícula delgada, estrutura semelhante ao reportado para as demais espécies de Gentianaceae. Variações no tamanho dos coléteres podem ser observadas. A secreção é composta predominantemente por polissacarídeos e proteínas. No entanto, lipídios estão presentes em P. hookeriana e P. connata o que pode estar associado ao fato das espécies, no PARNASO, ocuparem maiores altitudes. Alcaloides foram evidenciados em folhas adultas e/ou senescentes de P. hookeriana e P. viridiflora e; compostos fenólicos relacionados à senescência da estrutura foram observados para as três espécies. A abundância de secreção polissacarídica confere proteção contra a desidratação visto que os afloramentos rochosos em altitude apresentam caraterísticas xéricas em detrimentos dos fortes ventos, alta irradiação e solos rasos ou inexistentes. Nossos estudos evidenciam alterações na composição da secreção de acordo com o gradiente altitudinal alcançado pelas espécies.
Abstract: Colleters produce a hydrolific and/or lipophilic secretion associated with the protection of meristems and developing organs. Due to the restricted endemism of Prepusa species (Gentianaceae) to mountainous areas of Brazil and the common occurrence of colleters in the family, we aimed to characterize the structure and composition of the secretion of P. connata and P. hookeriana leaf colleters, occurring in the Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO), and P. viridiflora collected in Parque Estadual Pedra Azul (PEPAZ), both areas of rocky outcrops associated with the Atlantic Forest. Leaves at different stages of development were collected, fixed and processed following usual light microscopy techniques, including histochemical tests, and scanning electron microscopy. The colleters, in all three species, occur at the base of the leaves and have asynchronous development. They have a short peduncle and a secretory portion composed of homogeneous cells covered by a thin cuticle, a structure similar to that reported for other Gentianaceae species. Variations in the size of colleters can be observed. The secretion is predominantly composed of polysaccharides and proteins. However, lipids are present in P. hookeriana and P. connata, which may be associated with the fact that species in PARNASO occupy higher altitudes. Alkaloids were evidenced in adult and/or senescent leaves of P. hookeriana and P. viridiflora e; phenolic compounds related to structure senescence were observed for the three species. The abundance of polysaccharide secretion provides protection against dehydration since rocky outcrops at altitude have xeric characteristics at the expense of strong winds, high radiation and shallow or non-existent soils. Our studies show changes in secretion composition according to the altitudinal gradient reached by the species.
Keywords: Anatomia
Mata Atlântica
coléter
secreção
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::MORFOLOGIA VEGETAL::ANATOMIA VEGETAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Conservação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1994
Issue Date: 27-Jul-2021
Appears in Collections:Mestrado em Biodiversidade e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_Daiane Dourado.pdf2,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.