Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1913
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: AVALIAÇÃO MORFOMÉTRICA E BIOFÍSICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO DA LAJE, RIO VERDE, GOIÁS.
metadata.dc.creator: Silva, Bruna
metadata.dc.contributor.advisor1: Angelini, Lucas
metadata.dc.contributor.referee1: Silva Júnior, Édio da
metadata.dc.contributor.referee2: Rodrigues, Andriane
metadata.dc.description.resumo: Os recursos hídricos são indispensáveis para a vida humana, tanto para o abastecimento urbano, quanto para desenvolvimento de atividades agropecuárias e industriais. A contaminação por esgoto doméstico, ocupação das margens dos rios e o desmatamento tem acarretando inúmeros impactos ambientais. Nesse sentido, a Política Nacional de Recursos Hídricos estabelece o gerenciamento de recursos hídricos como uma de suas diretrizes. O uso do geoprocessamento como ferramenta de gestão de bacias hidrográficas tem grandes potencialidades, pois permite uma análise espaço-temporal das bacias a um baixo custo. Portanto, esse estudo teve como objetivo avaliar a morfometria e índices biofísicos da bacia hidrográfica do Ribeirão da Laje em Rio Verde, GO, através de técnicas de geoprocessamento. Foi possível verificar que a área de estudo possui uma área de 431,55 km² e um perímetro de 141,1 km, sendo assim a mesma possui um formato mais alongado, não sendo favorável a inundações, sendo classificada com de 4º ordem. A bacia possui um relevo suave ondulado, sendo predominante para atividades agropecuárias, onde são uma classe influente na bacia, pois a mesma apresenta uma classe de 78,23% no uso do solo, influenciando nos índices de vegetação por diferença normalizada (NDVI - Normalized Difference Vegetation Index) e albedo nos períodos de estiagem e chuvoso. O NDVI apresentou uma maior variação no período chuvoso nas classes de vegetação e área construída, já no período seco apresentou uma variação maior nas classes de vegetação e agricultura. O albedo apresentou poucas mudanças nos períodos de chuvosos e de estiagem nas classes de vegetação e construção, já as áreas de agricultura apresentaram redução de 38% do albedo durante a estação seca. De maneira geral, é possível compreender o comportamento da bacia hidrográfica e distinguir áreas com impactos antrópicos com vegetação natural, possibilitando uma gestão a baixo custo da mesma.
Abstract: Water resources are essential for human life, both for supply urban, as well as for the development of agricultural and industrial activities. The contamination by domestic sewage, occupation of river banks and deforestation has been causing numerous environmental impacts. In this sense, the National Policy of Water Resources establishes water resources management as one of its guidelines. The use of geoprocessing as a watershed management tool has great potential, as it allows a spatio-temporal analysis of the basins to a low cost. Therefore, this study aimed to evaluate the morphometry and indices biophysicists from the Ribeirão da Laje hydrographic basin in Rio Verde, GO, through geoprocessing techniques. It was possible to verify that the study area has an area of 431.55 km² and a perimeter of 141.1 km, so it has a format longer, not favorable to flooding, being classified as 4th order. The basin has a soft undulating relief, being predominant for activities agricultural, where they are an influential class in the basin, as it has a class of 78.23% in land use, influencing the vegetation indices by difference normalized (NDVI - Normalized Difference Vegetation Index) and albedo in the periods of dry and rainy. The NDVI showed a greater variation in the rainy season in vegetation classes and built-up area, in the dry period it presented a greater variation in the vegetation and agriculture classes. The albedo showed few changes in the rainy and dry periods in the vegetation and construction classes, as the areas of agriculture showed a 38% reduction in albedo during the dry season. way Overall, it is possible to understand the behavior of the watershed and distinguish areas with anthropogenic impacts with natural vegetation, enabling low-cost management of the same.
Keywords: Albedo
NDVI
Recursos Hídricos
metadata.dc.subject.cnpq: ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1913
Issue Date: 4-Jun-2021
Appears in Collections:Bacharelado em Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Bruna Dias Silva .pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.