Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1566
metadata.dc.type: Tese
Title: METODOLOGIA PARA A DETERMINAÇÃO DOS IMPACTOS TÉCNICOS E FINANCEIROS PROVOCADOS PELA INSTALAÇÃO DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA FOTOVOLTAICA EM UM SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO
metadata.dc.creator: Stecanella, Priscilla Araújo Juá
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira Filho, Anésio de Leles
metadata.dc.contributor.referee1: Domingues, Elder Geraldo
metadata.dc.contributor.referee2: Shayani, Rafael Amaral
metadata.dc.contributor.referee3: Melo, Fernando Cardoso
metadata.dc.description.resumo: Universidade de Brasília - Programa de Pós Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE): O número de consumidores que produzem parte de sua própria energia elétrica por meio da geração distribuída fotovoltaica (GDFV) aumentou consideravelmente nos últimos anos. Ainda assim, a Agência Internacional de Energia (IEA) alerta que o crescimento desse tipo de fonte renovável é relativamente baixo na maioria dos países. Portanto, ela sugere o estabelecimento de políticas públicas que propiciem condições favoráveis para que elevados níveis de penetração (pen) fotovoltaica (FV) sejam alcançados. A instalação de GDFV pode proporcionar benefícios como o adiamento de investimentos na expansão dos sistemas de transmissão e distribuição, o baixo impacto ambiental e a melhoria dos níveis de tensão da rede. Entretanto, é importante ressaltar que caso as políticas de fomento não sejam bem estruturadas, o aumento no nível de penetração FV pode culminar em dificuldade na operação e controle das redes, e na cobrança pelo uso do sistema elétrico. Nesse sentido, este estudo apresenta uma metodologia para identificar os impactos técnicos e financeiros que a geração distribuída fotovoltaica pode provocar em um sistema de distribuição. O algoritmo de Monte Carlo é utilizado para se contemplar as incertezas referentes à localização dos sistemas FV, à irradiação solar e à temperatura ambiente na região. No tocante à avaliação financeira, é aplicada uma abordagem estocástica para monetizar os impactos decorrentes da integração de GDFV nos níveis de tensão, nas perdas técnicas e na demanda de pico. Dessa forma, pode-se determinar a política de incentivo à GDFV mais adequada do ponto de vista de seus impactos técnicos na rede. Os resultados da aplicação do método em dezenas de alimentadores reais mostram que sistemas FV dimensionados com base no consumo local (Net metering) e com menor potência geram mais benefícios para a concessionária. Alimentadores em áreas rurais são favorecidos com a inserção de GDFV em todos os níveis de penetração, enquanto alimentadores residenciais e comerciais precisam de manutenção e expansão na rede para acomodar baixos pen. Este estudo caracteriza-se como um suporte às distribuidoras quando do planejamento de medidas preventivas para fortalecer a rede, e às agências reguladoras no aprimoramento das políticas de apoio à GDFV em qualquer fase de implementação.
Abstract: The number of consumers that produce part of their electricity through photovoltaic distributed generation (PVDG) has increased considerably in recent years. Even so, the International Energy Agency (IEA) warns that the growth of this type of renewable source is relatively low in most countries. Therefore, IEA suggests establishing public policies that provide favorable conditions for high penetration levels (pen) of photovoltaic (PV) to be achieved. The installation of PVDG can provide benefits such as the postponement of investments in the expansion of transmission and distribution systems, the low environmental impact, and the improvement of the power grid’s voltage levels. However, it is important to note that if the development policies are not well structured, the increase in the penetration level of PV may provoke difficulties in the operation and control of the grids and charge for the use of the electrical system. In this regard, this study presents a method to identify the technical and financial impacts that the PVDG can cause in a distribution system. The Monte Carlo algorithm addresses the uncertainties regarding the location of PV systems, solar irradiation, and ambient temperature in the region. Regarding financial evaluation, a stochastic approach is applied to monetize the impacts resulting from the integration of PVDG in voltage levels, technical losses, and peak demand. In this way, it is possible to determine the most appropriate incentive policy for PVDG from its technical impacts on the grid. The results of applying the method to dozens of real feeders show that PV systems dimensioned based on local consumption (Net metering) and with less power generate more benefits for the utility. Feeders in rural areas are benefited from the insertion of PVDG at all penetration levels, while residential and commercial feeders need maintenance and expansion in the grid to accommodate low pen. This study is characterized as support to utilities when planning preventive measures to strengthen the grid and regulatory agencies to improve policies to support PVDG at any stage of implementation.
Keywords: Geração distribuída fotovoltaica
Impactos
Penetração fotovoltaica
Política de energia renovável
Sistema de distribuição
metadata.dc.subject.cnpq: ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituição extra IF Goiano
metadata.dc.publisher.initials: Instituição extra IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Instituição externa ao IF Goiano (especificar no Resumo/abstract)
metadata.dc.publisher.program: Instituição externa (descrever o nome da instituição no resumo/abstract)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1566
Issue Date: 11-Dec-2020
Appears in Collections:Teses e dissertações defendidas em outras Instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PriscillaJua__Final2_.pdfTese_PriscillaJuá12,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.