Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1445
metadata.dc.type: Dissertação
Title: CONTROLE QUÍMICO DE Spermacoce verticillata EM PRÉ-SEMEADURA DE SOJA
metadata.dc.creator: Andrade Jr, Eder
metadata.dc.contributor.advisor1: Cruz, Sihelio
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Silvia
metadata.dc.contributor.referee2: Ponciano, Vanessa
metadata.dc.description.resumo: No Brasil a Spermacoce verticillata é um problema crescente em cultivos de soja, por ser uma planta daninha de difícil controle e tolerante ao glifosato. O objetivo deste trabalho foi avaliar a melhor alternativa para o controle químico de vassourinha de botão em diferentes estádios de desenvolvimento. O experimento foi realizado em casa de vegetação, na estação de pesquisa do grupo Gapes em Rio Verde, Goiás, com delineamento experimental em blocos inteiramente ao acaso em esquema fatorial 12x3 (12 tratamentos e 3 estádios da planta daninha) com quatro repetições. Foram realizadas avaliações visuais de controle de acordo com a escala visual de injúria das plantas aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias após a aplicação (DAA), sendo que nessa última data, também foi aferida a massa seca da parte aérea das plantas tratadas e a altura de plantas. O objetivo foi avaliar 6 herbicidas formulados, isolados e em associação com glufosinato-sal de amônia e 1 testemunha, totalizando 12 tratamentos. Conclui-se que a vassourinha-de-botão é uma planta daninha de difícil controle, principalmente em estádios de desenvolvimento mais avançados. O manejo em pré-semeadura de soja é de extrema importância. É ainda essencial para o manejo nos estádios iniciais de desenvolvimento, sendo os herbicidas de modo de ação inibidor de Protox responsáveis por apresentar melhor desempenho em todos os estádios avaliados.
Abstract: In Brazil, Spermacoce verticillata is a growing problem in soybean crops, as it is a weed that is difficult to control and tolerant to glyphosate. The objective of this work was to evaluate the best alternative for chemical control of shrubby false buttonweed at different stages of development. The experiment was carried out in a greenhouse, at the research station of the Gapes group in Rio Verde, Goiás, with a completely randomized block design in a 12x3 factorial scheme (12 treatments and 3 weed stages) with four repetitions. Visual control assessments were performed according to the visual scale of plant injury at 7, 14, 21, 28 and 35 days after application (DAA), and on that last date, the dry mass of the aerial part and the height of treated plants were also measured. The objective was to evaluate 6 formulated herbicides, isolated and in association with glufosinate-ammonia salt and 1 control, totalizing 12 treatments. It is concluded that the shrubby false buttonweed is a weed that is difficult to control, especially in more advanced stages of development. Pre-sowing soybean management is extremely important. It is also essential for management in the early development stages, with Protox-inhibiting herbicides being responsible for presenting better performance in all evaluated stages.
Keywords: vassourinha- de- botão, planta daninha, estádio de desenvolvimento.
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::MATOLOGIA
CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::DEFESA FITOSSANITARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Bioenergia e Grãos
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1445
Issue Date: 28-Aug-2020
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Bioenergia e Grãos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Mestrado Eder Jr..pdf765,01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools