Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1322
metadata.dc.type: Dissertação
Title: SENSORIAMENTO REMOTO TEMPORAL DA CAPACIDADE DE SUPORTE DE CARGA DE SOLOS SOB DIFERENTES TIPOS DE USO, COBERTURA E DECLIVIDADE NA BACIA DO RIO PRETO, OESTE BAIANO
metadata.dc.creator: Souza, Ítalo Rômulo Mendes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Anderson Rodrigo da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Sano, Edson Eyji
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Lima, Renato de Paiva
metadata.dc.contributor.referee1: Iwata, Bruna de Freitas
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Daniel de Paiva
metadata.dc.contributor.referee3: Lima, Renato Paiva de
metadata.dc.description.resumo: A pressão de pré-consolidação (σp) é considerada como um indicativo da capacidade de suporte de carga (CSC) que um solo pode tolerar em termos de pressões superficiais, em especial provenientes do tráfego agrícola. O objetivo deste trabalho foi realizar sensoriamento remoto temporal da capacidade de suporte de carga de solos da Bacia do Rio Preto, Oeste baiano, sob diferentes tipos de uso, cobertura e declividade. Utilizou-se cenas do satélite LANDSAT 8 (OLI) para classificação de uso e cobertura do solo por meio da classificação supervisionada e modelos de predição da capacidade de suporte de carga disponíveis na literatura especializada para solos brasileiros, em função do teor de argila (plataforma SoilInfo) e da umidade do solo por meio do satélite Soil Moisture Active Passive – SMAP, considerando um recorte temporal de 2016 a 2019, mensalmente. As estimativas de CSC para cada classe de uso e cobertura e declividade foram calculadas em intervalos de 95% de confiança para comparações estatísticas. Verificou-se variação de CSC tanto entre os meses quanto entre os anos, apontando uma tendência inversa da CSC em relação à umidade, em que se obtiveram os maiores valores no período seco em relação ao chuvoso, indicando influência da sazonalidade da região. As culturas anuais/pecuária alcançaram altos valores de CSC no ano 2017 podendo ter relação com a utilização intensificada de maquinário agrícola, adoção de sistemas de manejo do solo e pisoteio de animais de grande porte. Quanto aos níveis de declividade, áreas planas, entre 0 e 8%, foram as mais expostas a processos de modificações físicas pelos baixos valores quando comparados às demais classes declividades. Conclui-se que a CSC varia temporal e inversamente no que se refere a umidade do solo. As classes de uso e cobertura da BHRP apresentaram valores médios de 221,71 kPa para Culturas anuais/pecuária; 219,74 kPa para Formações campestres/pastagens e 218,86 kPa para Formações florestais/savânicas. Ao longo dos anos houve decréscimo geral da CSC nas classes estudadas Cap (4,08%), Fcp (0,38%) e Ffs (1,40%). Aumentos na declividade promovem aumento da CSC na bacia, da ordem de 1,06 kPa para cada 1% de declividade.
Abstract: The pre-consolidation pressure (σp) is considered as an indicator of the load-bearing capacity (LBC) that a soil can tolerate in terms of surface pressures, especially from agricultural traffic. The objective of this work was to perform remote temporal sensing of the load carrying capacity of soils in the River Black Basin, Western Bahia, under different types of use, coverage and slope. Scenes from the LANDSAT 8 (OLI) satellite were used to classify land use and land cover by means of supervised classification and load bearing capacity prediction models available in the specialized literature for Brazilian soils, depending on the clay content (platform SoilInfo) and soil moisture through the Soil Moisture Active Passive - SMAP satellite, considering a time frame from 2016 to 2019, monthly. The LBC estimates for each class of use and coverage and slope were calculated at 95% confidence intervals for statistical comparisons. There was a variation of LBC both between months and between years, pointing to an inverse trend of LBC in relation to humidity, in which the highest values were obtained in the dry period in relation to the rainy season, indicating the influence of the region's seasonality. The annual crops / livestock reached high values of LBC in the year 2017 and may be related to the intensified use of agricultural machinery, adoption of soil management systems and trampling of large animals. As for the levels of slope, flat areas, between 0 and 8%, were the most exposed to processes of physical changes due to the low values when compared to the other slope classes. It is concluded that the LBC varies over time and inversely when referring to humidity. The classes of use and coverage of BHRP presented average values of 221.71 kPa for annual crops / livestock; 219.74 kPa for rural / pasture formations and 218.86 kPa for forest / savanna formations. Over the years there was a general decrease in LBC in the studied classes Cap (4.08%), Fcp (0.38%) and Ffs (1.40%). Slope increases promote an increase in LBC in the basin, of the order of 1.06 kPa for each 1% slope.
Keywords: Bacias Hidrográficas
Cerrado
Compactação do solo
SMAP
Tensão de pré-consolidação
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO::FISICA DO SOLO
CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::SENSORIAMENTO REMOTO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Urutaí
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Conservação de Recursos Naturais do Cerrado
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1322
Issue Date: 30-Apr-2020
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Conservação dos Recursos Naturais do Cerrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Italo Romulo.pdfDissertação Ítalo Rômulo M Souza2,26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.