Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1276
metadata.dc.type: Livro
Title: UM GIRASSOL PARA TIANA
metadata.dc.creator: Santos, Tatianne Silva
Dionísio, Mara Núbia
metadata.dc.description.resumo: No Sudoeste do Estado de Goiás, na cidade de Mineiros, encontra-se uma pequena comunidade fundada no século XIX, bem antes da Abolição, pelo escravo alforriado Francisco Antônio de Moraes, conhecido como Chico Moleque. Na Comunidade Quilombola do Cedro, separada da cidade apenas por uma rua, vivem, atualmente, 237 descendentes de seu fundador. Desde a época da criação do quilombo até os dias de hoje algumas coisas mudaram, porém parte de sua cultura, tradições, valores e saberes têm sido mantidos ao longo desses anos. A maioria dos cedrinos mantêm suas famílias dedicando-se à agricultura de subsistência. A horta no quintal, umas poucas cabeças de gado, galinhas e porcos garantem sua independência alimentar. Todavia, não pensem que essa forma de viver significa pobreza, pois no Cedro há uma riqueza inestimável de conhecimentos repassados geração após geração e também de histórias que permeiam o imaginário coletivo. Parte desse patrimônio imaterial é o conhecimento centenário sobre as plantas medicinais do bioma Cerrado, saber iniciado por Chico Moleque, que foi sendo preservado e aprimorado e, atualmente, tem o reconhecimento da comunidade científica nacional. Esta obra é parte dos resultados de uma pesquisa de caráter etnográfico e etnobotânico financiada pelo Conselho Nacional de Desempenho Científico e Tecnológico - CNPq, realizada por servidores do Instituto Federal Goiano de 2016 a 2018 no quilombo do Cedro, localizado em Mineiros, no estado de Goiás. Dela também resultaram outras quatro publicações para uso escolar: Um Girassol para Tiana, escrito por Tatianne Silva Santos e Mara Núbia Dionísio; Lembranças Cedrinas: uma experiência de contação de histórias bilíngue, organizado por Priscila Rodrigues do Nascimento, Joana Dark Leite, Maurício Fernando Schneider Kirst, Tânia Regina Vieiraa; How Ways Leads on to Prefácio Way: narrative in an interactive process, de autoria de Maria Luiza Batista Bretas e Vera Maria Tietzmann; e Plantas Medicinais - manipulação e uso na Comunidade Quilombola do Cedro, organizado por Kennedy Araújo Barbosa. Caracterizando-se como material paradidático, Um girassol para Tiana destina-se aos jovens estudantes brasileiros da segunda fase do Ensino Fundamental que desejam conhecer parte da história, das tradições, da cultura e dos saberes dos quilombolas remanescentes desse reduto de antigo escravos.
Abstract: In the Southwest of the State of Goiás, in the city of Mineiros, there is a small community founded in the 19th century, well before Abolition, by the freed slave Francisco Antônio de Moraes, known as Chico Moleque. In the Quilombola do Cedro Community, separated from the city by just one street, currently 237 descendants of its founder live. From the time the quilombo was created until today, some things have changed, but part of its culture, traditions, values ​​and knowledge have been maintained over the years. Most cedrinos keep their families engaged in subsistence agriculture. The vegetable garden in the backyard, a few heads of cattle, chickens and pigs guarantee their food independence. However, do not think that this way of living means poverty, because in Cedro there is an invaluable wealth of knowledge passed on generation after generation and also of stories that permeate the collective imagination. Part of this intangible heritage is the centennial knowledge about medicinal plants in the Cerrado biome, knowledge initiated by Chico Moleque, which has been preserved and improved and, currently, is recognized by the national scientific community. This work is part of the results of an ethnographic and ethnobotanical research project funded by the National Council for Scientific and Technological Performance - CNPq, carried out by employees of the Federal Institute of Goiás from 2016 to 2018 in the Cedro quilombo, located in Mineiros, in the state of Goiás. It also resulted in four other publications for school use: Um Girassol para Tiana, written by Tatianne Silva Santos and Mara Núbia Dionísio; Souvenirs Cedrinas: a bilingual storytelling experience, organized by Priscila Rodrigues do Nascimento, Joana Dark Leite, Maurício Fernando Schneider Kirst, Tânia Regina Vieiraa; How Ways Leads on to Preface Way: narrative in an interactive process, by Maria Luiza Batista Bretas and Vera Maria Tietzmann; and Medicinal Plants - manipulation and use in the Quilombola do Cedro Community, organized by Kennedy Araújo Barbosa. Characterized as paradidactic material, Um girassol para Tiana is aimed at young Brazilian students in the second phase of elementary school who want to know part of the history, traditions, culture and knowledge of the quilombolas remaining from this stronghold of former slaves.
Keywords: Quilombo do Cedro
Interdisciplinaridade
Educação Étnico-racial
Lei nº 10.639/03
metadata.dc.subject.cnpq: MULTIDISCIPLINAR
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1276
Issue Date: 22-May-2020
Appears in Collections:Livros publicados pela Editora IF Goiano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
E-book_Um Girassol para Tiana_Editora IF Goianopdf5,97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.