Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1234
metadata.dc.type: Dissertação
Title: SUPLEMENTAÇÃO DE TOURINHO NELORE A PASTO, COM OU SEM ADIÇÃO DE NARASINA NO PERÍODO DE RECRIA, E TERMINAÇÃO DE CONFINAMENTO
metadata.dc.creator: Ferreira, Larissa de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Guimarães, Tiago Pereira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Leão, Karen Martins
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Silva, Marco Antônio Pereira
metadata.dc.contributor.referee1: Guimarães, Kátia Cylene
metadata.dc.contributor.referee2: Leão, Karen Martins
metadata.dc.contributor.referee3: Bilego, Ubirajara Oliveira
metadata.dc.description.resumo: Objetivou-se avaliar o desempenho e o crescimento de tourinhos Nelore recriados a pasto, com diferentes suplementos, adicionando ou não narasina no período da recria, e o efeito no desempenho em confinamento, qualidade de carcaça e da carne. Foram utilizados 98 tourinhos Nelore, com idade média de 20 meses e peso inicial médio de 301,4 ± 30,44 kg. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos: suplementação mineral (SM); suplementação mineral com narasina (SMN); suplementação proteico-energética (SPE); e suplementação proteico-energética com narasina (SPEN). Os tourinhos foram mantidos em sistema de pastejo rotacionado, em piquetes de capim-Tifton-85, em área de 6,99 ha-1, com 12 piquetes distribuídos em quatro módulos de três piquetes cada. A cada período de 21 dias, os animais eram trocados de módulos para não haver efeito de pasto. Os animais foram levados para 16 baias de confinamento para receberem os tratamentos e colocados nas mesmas baias todos os dias por identificação dos brincos, das 10h às 14h para consumo do suplemento, posteriormente, eram retornados aos respectivos piquetes de pastejo. Após o período de 78 dias de suplementação a pasto, os animais foram para terminação em confinamento, e receberam a mesma dieta por período de 90 dias. No confinamento os animais foram alimentados duas vezes ao dia com silagem e concentrado, que foram pesados em balança eletrônica e misturados manualmente no comedouro. Os animais foram pesados no início e no final de cada período experimental, juntamente com as mensurações morfométricas. No final do confinamento os animais foram abatidos e coletados os dados referentes às avaliações quantitativas e qualitativas da carcaça e da carne. Os dados obtidos em todas as variáveis foram submetidos a análise de crítica e consistência, observando-se as premissas básicas da análise paramétrica como normalidade e homocedasticidade. Para avaliação do efeito dos tratamentos foram realizadas análises de variância (Teste F) e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey com o nível de 0,05 de significância. No período de suplementação a pasto, os animais submetidos ao tratamento SPEN obtiveram maior ganho de peso, e consequentemente maior ganho médio diário. Não foram observados efeitos significativos durante o período de terminação em confinamento. Com exceção da altura de cernelha, comprimento de corpo e perímetro torácico, que apresentaram maiores valores para os animais que receberam suplementação proteico-energética com adição de narasina, as demais medidas morfométricas não diferiram entre os tratamentos. A inclusão de narasina para tourinhos Nelore sob suplementação proteico-energética a pasto aumentou consideravelmente o ganho de peso dos animais sem alterar o consumo do suplemento, indicando melhor aproveitamento de energia do alimento em função do uso do ionóforos. O mesmo não ocorreu para o desempenho e as características de carcaça dos animais, após o período de terminação em confinamento.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the performance and growth of Nelore bulls reared on pasture, with different supplements, with or without narasin during the growing season, and the effect on feedlot performance, carcass and meat quality. There were used 98 Nelore bulls, with average age of 20 months and average initial weight of 301.4 ± 30,44 kg. The animals were randomly assigned to four treatments: mineral supplementation (SM); mineral supplementation with narasin (SMN); protein-energy supplementation (SPE); and protein-energy supplementation with narasin (SPEN). The bulls were kept in a rotational grazing system, in Tifton-85 pasture, in area of 6.99 ha-1, with 12 paddocks distributed in four modules of three paddocks each. At each 21-day period, the animals were switched from modules to have no grazing effect. The animals were taken to 16 confinement stalls to receive the treatments, being placed in the same stalls every day for earrings identification, from 10:00 to 14:00 for supplement consumption, later they were returned to the respective grazing paddocks. After a supplementation period of 78 days on pasture, the animals were terminated in feedlot, where they received the same diet for a period of 90 days. In the feedlot the animals were fed twice a day with silage and concentrate, which were weighed on an electronic scale and manually mixed in the feeder. The animals were weighed at the beginning and at the end of each experimental period, together with the morphometric measurements. At the end of the feedlot, the animals were slaughtered and data related to the quantitative and qualitative evaluations of carcass and meat were collected. The data obtained in all variables were subjected to critical and consistency analysis, observing the basic premises of parametric analysis such as normality and homoscedasticity. To evaluate the treatments effect, analyzes of variance (Test F) were performed and the means were compared using the Tukey test with 0.05 level of significance. In the pasture supplementation period, the animals submitted to the SPEN treatment obtained higher weight gain, and consequently a higher average daily gain. No significant effects were observed during the feedlot termination period. With the exception of withers height, body length and chest circumference, which showed higher values for animals that received protein-energy supplementation with the narasin additioon, the other morphometric measurements did not differ between treatments. The narasin inclusion for Nellore bulls under protein-energy supplementation on pasture considerably increased the weight gain of the animals without altering the supplement consumption, indicating a better energy use from food due to the ionophores use. The same did not occur for the performance and carcass characteristics of the animals after the feedlot period in confinement.
Keywords: ionóforo
ruminantes
suplemento mineral
suplemento proteico-energético
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Rio Verde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1234
Issue Date: 19-Feb-2020
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Larissa de Oliveira Ferreira.pdf967,41 kBAdobe PDFView/Open
TCAE__Larissa de Oliveira Ferreira.pdf438,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.