Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1142
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: RECUPERAÇÃO DE OÓCITOS EM DOADORAS GIR E GIROLANDO
metadata.dc.creator: Cruvinel, Larissa Mendes
metadata.dc.contributor.advisor1: Camargos, Aline Sousa
metadata.dc.description.resumo: A raça Girolando, de início, foi gerada com o intuito de se ter uma descendência própria do Brasil que fosse habilitada para produção leiteira. Já o Gir leiteiro, é o gado Zebu com a maior taxa de eficiência de produção sob condições tropicais. Em bovinos, o processo de produção in vitro de embriões (PIV), em parceria com a aspiração folicular guiada por ultrassom (OPU), aparece como ferramenta de potencialização da competência reprodutiva. Desse modo, o objetivo deste trabalho foi comparar o desempenho de fêmeas Gir e Girolando quanto ao número e qualidade dos oócitos recuperados por meio da técnica de OPU e após o cultivo in vitro dos oócitos. Para tanto, foram levantados os dados das aspirações foliculares guiadas por ultrassom e cultivo in vitro de oócitos (CIV) de doadoras das raças Gir e Girolando, durante os anos de 2013, 2014 e 2015. Um total de 113 doadoras, sendo 41 da raça Gir e 72 da raça Girolando. As características analisadas foram: número de oócitos totais, viáveis e não viáveis, quantidade de oócitos grau I, II, III e a % de oócitos viáveis após cultivo in vitro, além da avaliação da significância dos efeitos (raças e anos) por Análise de Variância utilizando o procedimento PROC GLM do Statistical Analysis System. A comparação do desempenho das raças apontou a Girolando como detentora dos melhores resultados. Exibindo valores de 32,20 ± 14,51 para oócitos totais, 26,91 ± 12,37 oócitos viáveis, 3,53 ± 3,90 oócitos grau 1 e 28,15 ± 13,72 para a % de oócitos viáveis após a CIV. Isso graças a uma característica que é tida como seu grande trunfo: a heterose. Enquanto isso, a raça Gir apresentou 25,28 ± 13,22 oócitos totais, 21,31 ± 11,94 oócitos viáveis, 2,24 ± 3,36 oócitos de grau I e 21,99 ± 11,99 para a % de oócitos viáveis após a CIV. A análise de regressão quadrática em função dos meses foi significativa (p < 0,05) para oócitos não viáveis, grau I e grau III. Neste contexto, os conhecimentos in vivo e em laboratório sustentam a ideia de que os oócitos de fêmeas bovinas são vulneráveis ao estresse térmico. A correlação fenotípica atestou que a seleção de fêmeas Gir e Girolando para planos de melhoramento genético deve ser feita de acordo com a quantidade de oócitos totais produzidos por fêmea, pelo fato dessa aptidão estar altamente correlacionada fenotipicamente com oócitos grau II (r = 0,74), oócitos viáveis (r = 0,96) e % de viáveis após o cultivo in vitro (r = 0,92). Concluiu-se então, que as fêmeas Girolando apresentaram melhor desempenho para quantidade e qualidade de oócitos. Assim como foram superiores também na proporção de oócitos viáveis após o cultivo in vitro.
Abstract: The Girolando breed, at first, was generated with the intention of having a Brazilian descent that was qualified for milk production. The dairy Gir, on the other hand, is the Zebu cattle with the highest rate of production efficiency under tropical conditions. In cattle, the process of in vitro embryo production (PIV), in partnership with ultrasound-guided follicular aspiration (OPU), appears as a tool to enhance reproductive competence. Thus, the objective of this study was to compare the performance of Gir and Girolando females in terms of the number and quality of oocytes recovered using the OPU technique and after in vitro culturing of oocytes. To this end, data were collected on follicular aspirations guided by ultrasound and in vitro oocyte culture (CIV) from donors of the Gir and Girolando breeds, during the years 2013, 2014 and 2015. A total of 113 donors, 41 of which are Gir and 72 are Girolando. The characteristics analyzed were: number of total, viable and non-viable oocytes, quantity of oocytes grade I, II, III and% of viable oocytes after in vitro culture, in addition to the evaluation of the significance of the effects (races and years) by Analysis of Variance using the PROC GLM procedure of the Statistical Analysis System. The comparison of the breeds' performance indicated Girolando as the holder of the best results. Showing values of 32.20 ± 14.51 for total oocytes, 26.91 ± 12.37 viable oocytes, 3.53 ± 3.90 grade 1 and 28 oocytes, 15 ± 13.72 for the% of viable oocytes after CIV. This is thanks to a trait that is considered its great asset: heterosis. Meanwhile, the Gir breed showed 25.28 ± 13.22 total oocytes, 21.31 ± 11.94 viable oocytes, 2.24 ± 3.36 grade I oocytes and 21.99 ± 11.99 for the% of viable oocytes after CIV. The analysis of quadratic regression as a function of months was significant (p <0.05) for non-viable oocytes, grade I and grade III. In this context, in vivo and laboratory knowledge supports the idea that oocytes from bovine females are vulnerable to thermal stress. The phenotypic correlation attested that the selection of Gir and Girolando females for genetic improvement plans must be made according to the amount of total oocytes produced per female, because this ability is highly phenotypically correlated with grade II oocytes (r = 0.74 ), viable oocytes (r = 0.96) and% viable after in vitro culture (r = 0.92). It was concluded, then, that Girolando females had better performance for quantity and quality of oocytes. They were also higher in the proportion of viable oocytes after in vitro culture.
Keywords: bovino de leite, performance, OPU
milk cattle, performance, OPU
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Federal Goiano
metadata.dc.publisher.initials: IF Goiano
metadata.dc.publisher.department: Campus Morrinhos
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1142
Issue Date: 22-Nov-2019
Appears in Collections:Bacharelado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Larissa versão para repositório.pdf678,05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.