Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/798
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Moreira, Débora-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0892554192927049pt_BR
dc.contributor.referee1Gonçalves, Janine-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6297254122829148pt_BR
dc.contributor.referee2Souza, José Antonio Rodrigues de-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1637300776838940pt_BR
dc.creatorRezende, Diego César Veloso-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2390623769547865pt_BR
dc.date.accessioned2019-12-17T22:58:16Z-
dc.date.available2019-12-18-
dc.date.available2019-12-17T22:58:16Z-
dc.date.issued2019-12-03-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/798-
dc.description.abstractBrazil has more than 19 million rural residents without sewage collection or treatment, which corresponds to 62% of the rural population. The lack of sewage collection networks leads to the extensive use of black sumps, and the consequent contamination of soil and water resources. Given this, the search for low cost technologies, easy to implement and management is essential. An alternative technology to conventional methods that has been shown to be quite effective is the evapotranspiration tank (TEvap). The system consists of a waterproofed tank, filled with different layers of substrate and plants. However, it is recommended to avoid vegetables that have eaten raw roots and creeping vegetables. However, there are no studies on the development and microbiological safety of species such as lettuce, arugula and radish in TEvap. Therefore, this study aimed to evaluate the development, chemical and microbiological composition of vegetables produced in different positions of the TEvap system for black water treatment. The system was implemented in the rural area of ​​Monte Carmelo / MG, with capacity to serve four permanent residents. Agronomic (height, diameter, yield), chemical (% dry mass; pH; electrical conductivity; phosphorus and total nitrogen) and microbiological (thermotolerant and total coliforms) parameters of lettuce and arugula were evaluated at the beginning, end and outside of TEvap. (witness). The estimated cost for TEvap is approximately R$ 1.150,00 for the Monte Carmelo region. Lower than estimated value for conventional septic tank and biodigester septic tank systems. There was a significant linear effect on lettuce diameter and arugula height as a function of time. Lettuce presented larger diameters when cultivated in TEvap, regardless of its position. Already the arugula had higher heights in the early part of TEvap compared to the final part and the witness. Productivity and chemical composition of lettuce and arugula did not differentiate between the crops at different positions of TEvap and the control. All coliforms found in the samples are thermotolerant. At the beginning of TEvap the lettuce presented the highest concentration of coliforms. From the lettuce and arugula samples from the different TEvap positions, only 50% of the lettuces were adequate for human consumption at the end of the system. However, irrigation water was possibly the main vehicle of vegetables contamination. Therefore, although the system demonstrates efficiency in the treatment of black water, it should also be concerned with the quality of irrigation water for safe food production.pt_BR
dc.description.resumoO Brasil tem mais de 19 milhões de moradores rurais sem coleta ou tratamento de esgoto, o que corresponde a 62% da população rural. A inexistência de redes coletoras de esgotos acarreta o emprego extensivo de fossas negras, resultando em contaminação do solo e dos recursos hídricos. Diante disso, a busca por tecnologias de baixo custo, de fácil implantação e manejo torna-se imprescindível. Uma tecnologia alternativa aos métodos convencionais e que tem se mostrado bastante eficaz é o tanque de evapotranspiração (TEvap). O sistema é composto por tanque impermeabilizado, preenchido com diferentes camadas de substrato e plantas. Há recomendação de se evitar hortaliças que tenham raízes consumidas cruas e hortaliças rasteiras para cultivo nesse sistema. Não há estudos sobre o desenvolvimento e segurança microbiológica de espécies olerícolas como, alface, rúcula e rabanete, no TEvap. Diante disso, objetivou-se avaliar o desenvolvimento, composição química e microbiológica de hortaliças produzidas em diferentes posições do sistema TEvap para tratamento de águas negras. O sistema foi implantado na área rural do município de Monte Carmelo/MG, com capacidade para atender quatro moradores fixos. Foram avaliados parâmetros agronômicos (altura, diâmetro, produtividade), químicos (% de massa seca; pH; condutividade elétrica; fósforo e nitrogênio total) e microbiológicos (coliformes termotolerantes e totais) de alface e rúcula na parte inicial, final e fora do TEvap (testemunha). O custo previsto para o TEvap é de aproximadamente R$ 1150,00 para a região de Monte Carmelo, valor menor ao estimado para os sistemas de fossa séptica convencional e fossa séptica biodigestora. Houve efeito linear significativo no diâmetro da alface e na altura da rúcula em função do tempo. A alface apresentou maiores diâmetros quando cultivada no TEvap, independente da sua posição. Já a rúcula teve alturas maiores na parte inicial do TEvap em relação a parte final e a testemunha. A produtividade e a composição química da alface e rúcula não diferenciaram entre os cultivos nas diferentes posições do TEvap e a testemunha. Todos os coliformes encontrados nas amostras são termotolerantes. No início do TEvap a alface apresentou maior concentração de coliformes. As amostras de alface e rúcula das diferentes posições do TEvap, apresentaram-se adequadas para o consumo humano apenas 50% das alfaces no final do sistema, entretanto a água de irrigação foi possivelmente o principal veículo de contaminação das olerícolas. Com isso, apesar do sistema demonstrar eficiência no tratamento de águas negras, deve-se preocupar também com a qualidade da água de irrigação para a produção de alimentos seguros.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Diego César Veloso Rezende (2018101330940056@ifgoiano.edu.br) on 2019-12-17T18:20:40Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO DIEGO REZENDE.pdf: 1528547 bytes, checksum: b4394f49e30b1de0e2bce556028e7485 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Johnathan Diniz (johnathan.diniz@ifgoiano.edu.br) on 2019-12-17T22:57:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO DIEGO REZENDE.pdf: 1528547 bytes, checksum: b4394f49e30b1de0e2bce556028e7485 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-12-17T22:58:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO DIEGO REZENDE.pdf: 1528547 bytes, checksum: b4394f49e30b1de0e2bce556028e7485 (MD5) Previous issue date: 2019-12-03en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherInstituto Federal Goianopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Urutaípt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Conservação de Recursos Naturais do Cerradopt_BR
dc.publisher.initialsIF Goianopt_BR
dc.relation.referencesABCSEM. Manual Técnico Cultivo de Hortaliças 2015. 3ª Edição. 2015. 100 p. ABREU, I. M. O.; JUNQUEIRA, A. M. R.; PEIXOTO, J. R.; OLIVEIRA, S. A. Qualidade microbiológica e produtividade de alface sob adubação química e orgânica. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 30, n. 1, p. 108-118, 2010. AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS – ANA - Indicadores de qualidade - índice de qualidade das águas (IQA), 2008. Disponível em: <http://portalpnqa.ana.gov.br/indicadores-indice-aguas.aspx>. Acesso em: 01 de nov de 2019. APHA (American Public Health Association); AWWA (American Water Works Association); WEF (Water Environment Federation). “Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater”, 21th edition, APHA, Washington - DC, USA, 2012. ARAUJO, F. V. de; VIEIRA, L.; JAYME, A.; MIRANDA, M.; CONCEIÇÃO NUNES, M.; CORTÊS, M. Avaliação da qualidade da água utilizada para irrigação na bacia do Córrego Sujo, Teresópolis, RJ. Cadernos Saúde Coletiva, v. 23, n. 4, 2015. BERNARDES, F.S. Avaliação do tratamento domiciliar de águas negras por um Tanque de Evapotranspiração (TEVAP). Revista Especialize On-line IPOG - Goiânia - 7ª Edição nº 007 Vol.01/2014 Julho/2014. Disponível em:< https://www.ipog.edu.br/download-arquivo-site.sp?arquivo=avaliacao-do-tratamento-domiciliar-de-aguas-negras-por-um-tanque-de-evapotranspiracao-TEVAP-114161310.pdf.>. Acesso em: 05 de jan. 2018. BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 12, de 02 de janeiro de 2001. Aprova o Regulamento Técnico sobre padrões microbiológicos para alimentos. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, v. 139, n. 7-E, 2001. BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. Classifica as águas doces, salobras e salinas e especifica os parâmetros e limites associados aos níveis de qualidade requeridos para seu aproveitamento. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 18 de março 2005. BRZEZINSKI, C.R.; ABATI, J.; GELLER, A.; WERNER, F.; ZUCARELI, C. Produção de cultivares de alface americana sob dois sistemas de cultivo. Rev. Ceres. Vol. 64, n.1, p. 83-89, 2017. CAIXA. Relatório de Insumos e Composições – OUT/19 - COM DESONERAÇÃO. 2019. Disponível em: http://www.caixa.gov.br/site/Paginas/downloads.aspx#categoria_648. Acesso em: 21 nov. 2019. COSTA, A. P. Estudo de tecnologias sociais visando o tratamento do esgoto doméstico de unidade unifamiliar – Assentamento Nova São Carlos – São Carlos/SP. 2014. 60 p. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, 2014. CPT. Silvana Teixeira. Solução Nutritiva. Como Medir a Condutividade Elétrica da Àgua. Disponível em: https://www.cpt.com.br/cursos-agricultura-hidroponia/artigos/solucao-nutritiva-como-medir-a-condutividade-eletrica-da-agua. Viçosa, 2019. Acesso em: 05 de nov. 2019. EMATER - EMPRESA DE ASISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL. Tanque de evapotranspiração para o tratamento de efluentes do vaso sanitário. 2016. 11p. Disponível em: http://www.emater.mg.gov.br/doc/intranet/upload/DETEC_Ambientaltvap_com_defluvio.pdfAcesso em: 08 de jan. 2018. EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.ed. Brasília, 2013. 353p. FERREIRA, D. F. SISVAR–programa estatístico. Versão 4.2, p. 109-141, 2010. FONSECA, J. O. G Desempenho agronômico de alface e rúcula em função de doses de composto fermentado em condições de cultivo protegido, sob manejo orgânico em Nova Friburgo, RJ - 2013. 61 f. Rural do Rio. Disponível em: http://cursos.ufrrj.br/posgraduacao/ppgao/files/2016/04/Disserta%C3%A7%C3%A3o-Jovelina-Olga-Gomes-da-Fonseca.pdf. Acesso em: 20 nov. 2019. FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de oliveira: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3. ed. 412p. Viçosa: UFV, 2012. GALBIATI, A. F. Tratamento domiciliar de águas negras através de tanque de evapotranspiração. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Tecnologias Ambientais - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, MS. 2009. Disponível em: http://repositorio.cbc.ufms.br:8080/jspui/bitstream/123456789/1163/2/Adriana%20Farina%20 Galbiati.pdf. Acesso em: 20 de set. 2019. HORTICERES. Produtos folhosas. 2018. Disponível em: https://www.horticeres.com.br/produtos/folhosas. Acesso em: 21 out. 2019. IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Banco da Dados Agregados (PNAD). 2016. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/tabela/1956#resultado. Acesso em 20 nov. 2019. INPE. Banco de dados metereológicos. 2019. Disponível em: http://bancodedados.cptec.inpe.br/downloadBDM/. Acesso em 20 ago. 2019. ISLA. Catálogo 2001/2002. Porto Alegre: Isla Sementes, 2001. 74p. MANDAI, P. Modelo descritivo da implantação do sistema de tratamento de águas negras por evapotranspiração. Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico - ANEDE. Monitoria Canário Verde, Brasília. Relatório técnico. 2006. MELO, G. G., SILVA, M. D. F., COSTA, D. S., CARVALHO, I. D. E., DE SALES NETO, J. M., BRAZ, L. C. C., ... & CARVALHO FILHO, J. L. S. Influência de diferentes níveis de adubação nitrogenada sobre a produtividade de cultivares de alface. Revista Saúde & Ciência Online. Vol. 7, n.2, p.276-285, 2018. MAROUELLI, W. A.; MALDONADE, I. R.; BRAGA, M. B.; SILVA, H. R. da. Qualidade e segurança sanitária da água para fins de irrigação. Brasília, DF: Embrapa Hortaliças, 2014. NUNES, K. G.; COSTA, R. N. T.; JÚNIOR, J. A. H. C.; DE ARAÚJO, D. F Comportamento da alface-americana sob diferentes doses de composto orgânico e lâminas de irrigação. Irriga, v. 22, n. 1, p. 167-176, 2017. OLIVEIRA, E. Q.; SOUZA, R. J.; CRUZ, M. C. M.; MARQUES, V. B.; FRANÇA, A. C. Produtividade de alface e rúcula, em sistema consorciado, sob adubação. Revista Hortic. bras., v. 28, n. 1, jan.- mar. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/hb/v28n1/a07v28n1. Acessado em: 04 nov. 2019. OLIVEIRA, G. D. de; PEREIRA, I. A.; SOARES, A. F. S.; RAMOS, G. M. P. D. Tratamento Domiciliar de águas negras: tanque de evapotranspiração. Revista Petra, v. 4, n. 2, 2018. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-izabela/index.php/ptr/article/view/1871. Acessado em: 20 nov. 2019. PAMPLONA S & VENTURI M. (2004) Esgoto à flor da terra. Permacultura Brasil. Soluções ecológicas. V16. PAULO, L. P.; BERNARDES, F. S. Estudo de tanque de evapotranspiração para o tratamento domiciliar de águas negras. Belo Horizonte: UFMG, 2004. 10 p. PEREIRA, F. T.; OLIVEIRA, J. B. de, MUNIZ, P. H. P. C.; PEIXOTO, G. H. S., GUIMARÃES, R. R.; CARVALHO, D. D. C. Promoção do crescimento e da produtividade de alface pelo emprego de cepas comerciais de Trichoderma spp. Horticultura Brasileira, vol. 37, n. 01, 2019. RESENDE, G.M.; ALVARENGA, M.A.R.; YURI, J.E.; MOTA, J. H.; SOUZA, R.J.; RODRIGUES JÙNIOR, J.C. Produtividade e qualidade pós-colheita da alface americana em função de doses de nitrogênio e molibdênio. Horticultura Brasileira, Brasília, v.23, n.4, p.976-981, 2005. SALA, F.C.; COSTA, C.P. da. Retrospectiva e tendência da alfacicultura brasileira. Horticultura Brasileira. Vol. 30, n.2, p.187-194, 2012. SANTANA, C. T. C. de, SANTI, A., DALLACORT, R., SANTOS, M. L., & DE MENEZES, C. B.. Desempenho de cultivares de alface americana em resposta a diferentes doses de torta de filtro. Revista Ciência Agronômica, vol.43, n.1, p. 22-29, 2012. SANTOS, R. S. da S., DIAS, N. da S., DUARTE, S. N., LIMA, C. J. G. de S., FERNANDES, C. dos S., MIRANDA, J. H. de. Cultivo da rúcula em substrato de fibra de coco sob solução nutritiva salina. Cultura Agronômica: Revista de Ciências Agronômicas, v. 27, n. 1, p. 12-21, 2018. SCHERER, K.; GRANADA, C. E.; STULP, S; SPEROTTO, R. A. Avaliação bacteriológica e físico-química de águas de irrigação, solo e alface (Lactuca sativa L.). Rev. Ambiente & Água, Taubaté, v. 11, n. 3, p. 665-675, 2016 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980993X2016000300665&lng=en&nrm=iso>. Acessado em: 21 Nov. 2019. http://dx.doi.org/10.4136/ambi-agua.1829. SILVA, B.A. Determinação de condicionantes para uso do tanque de evapotranspiração como elemento de saneamento rural em Minas Gerais. Monografia. Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ :48 f., 2016a. SILVA, J. L. da; SILVA, E. S. B. da; KOLLESKA, L. Respostas produtivas de cultivares de rúcula em sistema hidropônico. Campo Digital, v. 11, n. 1, 2016b. SILVA, P. H. M. da; POGGIANI, F.; GONÇALVES, J. L. de M; STAPE, J. L. Volume de madeira e concentração foliar de nutrientes em parcelas experimentais de Eucalyptus grandis fertilizadas com lodos de esgoto úmido e seco. Revista Árvore, vol. 32, n.5, p. 845-854, 2008. SOUTO, R. A. Avaliação sanitária da água de irrigação e de alfaces (Lactuca sativa L.) produzidas no município de Lagoa Seca, Paraíba. Paraíba, 2005. 70 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Federal da Paraíba – UFPB. SOUZA, O. B.; SATIRO, A.; MARTINS, B.; PRADO, C. Tratamento de água negra domiciliar através de bananeiras por tanque de evapotranspiração. Atas de Saúde Ambiental-ASA, v. 6, p. 235-248, 2018. SOUZA, O. B.; SILVA, E. É.; SANAVRIA, A.; VITA, G. F.; MARINO, T. B. Análise da Banana Pacovan Ken Cultivada em Tanque de Evapotranspiração e seu efluente. Ciência & Desenvolvimento-Revista Eletrônica da FAINOR, v. 12, n. 2, 2019. TACO. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. NEPA – UNICAMP.- 4. ed. rev. e ampl. - Campinas: NEPAUNICAMP, 2014.161 p. TONETTI, A. L, et al. Tratamento de esgotos domésticos em comunidades isoladas: referencial para a escolha de soluções. Cartilha, e-book. Campinas, SP.: Biblioteca/Unicamp, 2018. VALERIANO, T. T. B.; SANTANA, M. J.; MACHADO, L. J. M.; OLIVEIRA, A. F. Alface americana cultivada em ambiente protegido submetida a doses de potássio e lâminas de irrigação. IRRIGA, v. 21, n. 3, p. 620-630, 2016. VILAR, J. B. B., DOS SANTOS, V. S., DUARTE, A. E.; SANAVRIA, A. Eficiência de um filtro de remediação (TEVAP) na remoção de poluentes em efluentes suínos. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 7, n. 2, p. 94-101, 2019.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectÁguas negraspt_BR
dc.subjectColiformespt_BR
dc.subjectAlfacept_BR
dc.subjectRúculapt_BR
dc.subjectBlack waterspt_BR
dc.subjectColiformspt_BR
dc.subjectLettucept_BR
dc.subjectArugulapt_BR
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIApt_BR
dc.titleTANQUE DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO NO TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO EM COMUNIDADES RURAISpt_BR
dc.title.alternativeEvapotranspiration tank in health waste treatment in rural communitiespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Conservação dos Recursos Naturais do Cerrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_Diego César Veloso Rezende.pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open
TCAE_Diego César Veloso Rezende.pdf117,98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.