Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1344
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Máximo, Leandro Nériton Cândido-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9985651880229897pt_BR
dc.contributor.referee1Costa, Maxwell Severo da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3459652416168398pt_BR
dc.contributor.referee2Máximo, Leandro Neriton Candido-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9985651880229897pt_BR
dc.contributor.referee3Gomes, Miqueias Ferreira-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/7638744625965660pt_BR
dc.creatorAssunção, Hélica Lucivane Silva-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4337521319813901pt_BR
dc.date.accessioned2020-08-19T13:53:15Z-
dc.date.available2020-08-19-
dc.date.available2020-08-19T13:53:15Z-
dc.date.issued2020-06-04-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1344-
dc.description.abstractAfter discovering the presence of nitric oxide (NO) in vital physiological processes of the human body in the mid-1980s, it’s the importance began to be discussed in more depth by the scientific community, with an enormous increase in the number of published works and consequently, the understanding of it’s a real function and performance in the human body. Before that, it was considered just another toxic molecule and environmental pollutant, numerous substances that have any affinity for nitric oxide or even molecules that have NO embedded in their structure, began to be synthesized in laboratories to be tested as releasing or capturing NO in a physiological medium, allowing control of the concentration of this substance in the bloodstream; and consequently, the action performed on the human body. Among this huge variety of compounds with potential application in biological media, the ruthenium metal complexes with the nitrosyl ligand stand out, substances that in general’s low toxic, quite soluble in water and with an acceptable chemical stability. These substances, briefly represented by [Ru-NO]n+, act in release or even in the capture of NO, when submitted to irradiation or chemical reduction processes, showing promising possibilities of use in Medicinal Inorganic Chemistry, treating problems such as hypertension health, septic shocks and even cancer, through the combination with visible light and molecular oxygen, in the technique called Photodynamic Therapy (TFD). Studies related to this topic are extremely relevant and necessary, since the main substances currently used in the treatment of diseases such as cancer, such as cisplatin [PtCl2(NH3)2] they are very harmful to healthy cells and promote huge between of side effects. After bottomline, we can conclude than a ruthenium complex nitrosyl [Ru-NO]n+ they are extremely important substances for Bioinorganic Chemistry and Medicinal Inorganic Chemistry, presenting desirable chemical characteristics and enormous potential to be used even as possible drugs.pt_BR
dc.description.resumoApós as descobertas da presença do óxido nítrico (NO) em processos fisiológicos vitais do corpo humano em meados da década de 1980, sua importância começou a ser discutida de uma forma mais aprofundada pela comunidade científica, havendo um enorme aumento da quantidade de trabalhos publicados e consequentemente, da compreensão da sua real função e atuação no corpo humano. Antes disso ele era considerado apenas mais uma molécula tóxica e poluente ambiental. Inúmeras substâncias que possuem afinidade pelo óxido nítrico ou até mesmo moléculas que possuem o NO incrustado na sua estrutura, começaram a ser sintetizadas em laboratórios para serem testadas como liberadores ou captadores de NO em meio fisiológico, permitindo o controle da concentração dessa substância na corrente sanguínea e consequentemente, a ação desempenhada no corpo humano. Entre essa enorme variedade de compostos com potencial aplicação em meio biológico, destacam-se os complexos metálicos de rutênio com o ligante nitrosilo, substâncias que de modo geral são pouco tóxicas, bastante solúveis em água e de boa estabilidade química. Essas substâncias, resumidamente representadas por [Ru-NO]n+, agem na liberação ou até mesmo na captação de NO, quando submetidos a processos de irradiação ou redução química, mostrando possibilidades promissoras de utilização na química inorgânica medicinal, tratando problemas como hipertensão, choques sépticos e até mesmo o câncer, através da combinação com luz visível e oxigênio molecular, na técnica denominada de Terapia Fotodinâmica (TFD). Estudos relacionados a esse tema são extremamente relevantes e necessários, uma vez que as principais substâncias utilizadas atualmente no tratamento de doenças como o câncer, tais como a cisplatina - [PtCl2(NH3)2] - são muito prejudiciais às células sadias e promovem enorme quantidade de efeitos colaterais. Desse modo, podemos concluir que os nitrosilo complexos de rutênio [Ru-NO]n+ são substâncias extremamente importantes para a Química Bioinorgânica e química inorgânica medicinal, apresentando características químicas desejáveis e enorme potencial para serem utilizados até como possíveis fármacos.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Hélica Lucivane Silva Assunção (2016101221530395@ifgoiano.edu.br) on 2020-08-15T18:49:11Z No. of bitstreams: 1 TCC_LK - versão final corrigida.pdf: 1660620 bytes, checksum: 4a2074d425dde43e4e03f5f0447d5afa (MD5)en
dc.description.provenanceRejected by Johnathan Diniz (johnathan.diniz@ifgoiano.edu.br), reason: Prezada Hélica, Informamos que sua submissão foi rejeitada paraajustes pelo seguinte motivo:   O Termo de Ciência e Autorização Eletrônico (TCAE) nãofoi anexado à submissão. Tal documento deve constar,obrigatoriamente, dentro das submissões feitas no Repositório. Por ventura oTermo não esteja inserido na submissão, a publicação será rejeitada pelosadministradores da plataforma.  O TCAE está disponível na plataforma na aba "Termo deAutorização", podendo ser encontrado no seguinte link:  https://suap.ifgoiano.edu.br/media/documentos/arquivos/TCAE_-_Termo_de_autorizacao.pdf   O(s) autor(es) devem revisar aversão final do trabalho acadêmico e gerar arquivo em formato PDF dessaversão, com as devidas comprovações solicitadas de aprovação dessaversão contendo as primeiras páginas na seguinte ordem: 1º Capa, 2ºFolha de rosto, 3º Ficha catalográfica (verso da folha rosto), 4º TCAE, 5º Atade defesa.  Assim que o TCAE estiver assinado e anexado, nos reenvie pelaplataforma. Informamos que sua submissão não foi cancelada, você deverá entrarnovamente na plataforma e seguir os procedimentos solicitados. Para tirar dúvidas, sugerimos que você dê uma olhada nos tutoriaisde como submeter o trabalho no RIIF Goiano: https://suap.ifgoiano.edu.br/media/documentos/arquivos/como_depositar_riif_goiano_1.1.pdf Aguardamos a devolução do mesmo com as alterações solicitadas. Estamos à disposição. Atenciosamente, on 2020-08-16T22:52:05Z (GMT)en
dc.description.provenanceSubmitted by Hélica Lucivane Silva Assunção (2016101221530395@ifgoiano.edu.br) on 2020-08-19T11:37:35Z No. of bitstreams: 1 TCC_LK - versão final corrigida.pdf: 1743892 bytes, checksum: 2d8eac6d41b8015a1a3df70c6ffda521 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Johnathan Diniz (johnathan.diniz@ifgoiano.edu.br) on 2020-08-19T13:46:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TCC_LK - versão final corrigida.pdf: 1743892 bytes, checksum: 2d8eac6d41b8015a1a3df70c6ffda521 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-08-19T13:53:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TCC_LK - versão final corrigida.pdf: 1743892 bytes, checksum: 2d8eac6d41b8015a1a3df70c6ffda521 (MD5) Previous issue date: 2020-06-04en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherInstituto Federal Goianopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Urutaípt_BR
dc.publisher.initialsIF Goianopt_BR
dc.relation.references[1] QUEIROZ, S. L. BATISTA, A. A. Funções biológicas do óxido nítrico. Química Nova, p. 584-590. UFSCAR. São Carlos, 1999. [2] JÚNIOR, T. P. S; ASANO, R. Y; PRESTES, J; SALES, M. P. M; COELHO, J. M. O; SIMÕES, H. G. Óxido Nítrico e Exercício: Uma Revisão. SCIELO. vol. 23, n. 3, p. 469-481. Maringá, 2012. [3] BARRETO, R. L. CORREIA, C. R. D. Óxido nítrico: propriedades e potenciais usos terapêuticos. Química Nova, vol. 28, n. 6, p. 1046-1054. Unicamp. Campinas, 2005. [4] FRANCO, L. P. Acoplamento quantum dot/ complexos nitrosilos de em transferência eletrônica vetorial e em imagem. Aspectos químicos e biológicos relacionados à produção de óxido nítrico. Tese de Doutorado. USP. Ribeirão Preto, 2014. [5] SILVA, L. C. Estudo Teórico Da Capacidade De Captação De Óxido Nítrico Em Complexos Metálicos. Dissertação de Mestrado. UFPI. Teresina, 2017. [6] CÓNSUL, J. M. D. et al. Decomposição catalítica de óxidos de nitrogênio. Química Nova. vol. 27, n. 3, p. 432-440. São Paulo, 2004. [7] FILHO, R. F. ZILBERSTEIN, B. Óxido nítrico: o simples mensageiro percorrendo a complexidade. Metabolismo, síntese e funções. Rev. Ass. Med. vol. 46, n. 3, São Paulo, 2000. [8] TOMAZINI. L. N. ANDRADE, W. H. N. MÁXIMO, L. N. C. Óxido nítrico: uma breve revisão sobre aspectos históricos, estrutura química e algumas aplicações relevantes para o corpo humano. Multi-Science Journal, vol. 2, n.2, p. 82-88. 2019. [9] ZAGO, A. S. ZANESCO, A. Óxido Nítrico, Doenças Cardiovasculares e Exercício Físico. Scielo. vol. 87 n. 6, p. 264-270. Rio de Janeiro, 2006. [10] VANNI, D. S. et al. Óxido nítrico: inibição das plaquetas e participação na formação do trombo. Scielo, vol. 43 n. 3, p. 181-189, Rio de Janeiro, 2007. [11] SUSSUCHI, E. M. SANTOS, D. O. Aplicação da teoria do orbital molecular. Disponível em < https://cesadufs.com.br/ > acesso em: 02/03/2020. [12] RODRIGUES, G. L. S. Complexos de Rutênio com Óxido Nítrico: Estrutura Eletrônica, Solvatação e Natureza da Ligação Ru-NO. Dissertação de Metsrado. UFMG. Belo Horizonte, 2015. [13] FORCE, N. Orbitais SOMO e estrutura. Empreendedores: equipe superfortes. Disponível em<http://leadervaldiviporto.blogspot.com/2015/08/orbitais-somo-e-estrutura.html> acesso em: 02/03/2020. [14] MARTINS, M. Sensores sólidos para detecção de óxido nítrico baseados em cucurbit[6]uril e em siloxano-poli (oxipropileno). Tese de Doutorado. UNESP. Bauru, 2011. [15] LOPES, L. G. F. Síntese, caracterização e reatividade de novos nitrosilo complexos de rutênio, tendo como ligante auxiliar a 2,2′-bipiridina. Dissertação de Mestrado. UFC. Fortaleza, 2004. [16] ALMEIDA, M. A. P. Complexos de rutênio contendo aminoácidos, com propriedades citotóxicas em células tumorais. Dissertação de Mestrado. UFSCAR. São Carlos, 2009. [17] Rutênio: história. Disponível em:<https://www.portalsaofrancisco.com.br/quimica/rutenio> acesso em: 02/03/2020 [18] Estruturas cristalinas. Disponível em <http://www.trajanocamargo.com.br/> acesso em: 02/03/2020 [19] File: Pentlandite. Disponívelem<https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pentlandite,_Pyrrhotite-540342.jpg>acesso em: 02/03/2020 [20] Pyroxenite. Disponível em <https://www.sandatlas.org/pyroxenite/> acesso em: 02/03/2020 [21] Alamy. Disponivel em <https://www.alamy.com/stock-photo/neutrons.html?cutout=1>acesso em: 02/03/2020 [22] GRAY, T. Os Elementos: uma exploração visual dos átomos conhecidos no universo. Blucher. Tradução. São Paulo, 2011. [23] Aplicação do rutênio no cotidiano e na indústria química. Disponível em <https://www.tabelaperiodica.org/aplicacao-do-rutenio-no-cotidiano-e-na-industriaquimica/> acesso em: 02/03/2020 [24] VIVA, Q. Rutênio: descobrimentos e usos. Conselho Regional de Química- IV região. Disponível em <https://www.crq4.org.br/quimicaviva_rutenio_descobrimento_e_usos>acesso em: 02/03/2020 [25] FARIAS, R. F. Química de coordenação: fundamentos e atualidades. Editora Átomo. ed. 2 Campinas, 2009. [26] MÁXIMO, L. N. C. Nitrosilo complexo de rutênio imobilizado em aço cirúrgico aplicado ao desenvolvimento de materiais potencialmente liberadores de óxido nítrico em meio fisiológico. Dissertação de Mestrado. Ribeirão Preto, 2010. [27] POELHSITZ, G. V. Nitrosilos complexos de rutênio com ligantes bifosfínicos: espectroscopia, eletroquímica, estudo da reatividade e liberação de NO. Tese de Doutorado. UFSCAR. São Carlos, 2005. [28] GOLFETO, C. C. Nitrosilos complexos de rutênio: síntese, caracterização e avaliação de suas potencialidades citotóxicas. Dissertação de Mestrado. UFSCAR. São Carlos, 2008. [29] BERALDO, H. Contribuições da química inorgânica para a química medicinal. SBQ. Química Nova. n. 6, p. 4-6. UFMG. Minas Gerais, 2005. [30] FONTES, A. P. S. CÉSAR, E. T. BERALDO, H. A química inorgânica na terapia do câncer. Química Nova. n. 6, p. 13-18. UFJF. Juiz de Fora, 2005.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectQuímica Inorgânica Medicinal. Óxido Nítrico. Rutênio. Complexos Metálicospt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICApt_BR
dc.titlePROPRIEDADES QUÍMICAS E BIOLÓGICAS DE COMPLEXOS DE RUTÊNIO COM O LIGANTE NITROSILO: UMA REVISÃO A RESPEITO DA UTILIZAÇÃO NA QUÍMICA INORGÂNICA MEDICINALpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Appears in Collections:Licenciatura em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_LK - versão final corrigida.pdfMonografia apresentada ao curso de Licenciatura em Química para obtenção do título de graduação1,7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.